Oral e-Health Monitoring Platform

Project Details

Description

1. Descrição do projeto

1.1. Enquadramento
A plataforma "Oral e-Health Monitoring Platform" tem como objetivo melhorar a saúde oral das populações através da centralização e articulação do registo clínico médico-dentário com os seus vários intervenientes: pacientes, médicos dentistas, médicos, técnicos de prótese dentária e centros de ensino/investigação. Baseada num sistema de computação na cloud, esta plataforma permitirá efetuar um registo clínico eletrónico médico-dentário, assim como o acesso a vários sistemas de diagnóstico e determinação de risco clínico, e monitorização de tratamentos efetuados ao longo do tempo. O acesso à plataforma, e aos seus dados, será diferenciado consoante o perfil do utilizador (paciente, médico dentista, médico, técnico de prótese dentária e centro de ensino/investigação) e enquadrado no regime legal em vigor. Ao permitir o acesso diferenciado a dados clínicos será possível efetuar uma verdadeira integração da saúde oral na saúde sistémica e, não menos importante, a avaliação transversal e longitudinal de dados clínicos pelos centros de ensino/investigação, contribuindo assim para a prática de uma medicina dentária baseada na evidência científica. Para além disso, a permissão de acesso diferenciado ao paciente possibilita que o próprio tenha conhecimento do seu estado de saúde oral e seja alertado sistematicamente com boletins informativos de boas práticas clínicas, necessidades de controlo e manutenção do seu estado de saúde oral e tratamentos efetuados, contribuindo assim para a sua oral-health related quality of life.


1.2. Objetivos e solução proposta

A plataforma "Oral e-Health Monitoring Platform" tem como objetivos:

● Desenvolver uma plataforma the monitorização da saúde oral com presença em pelo menos dois países até 2023
● Implementar um sistema fiável e escalável com uma taxa de inatividade inferior a 1%

O sistema a desenvolver irá entrar numa fase de lançamento antes da conclusão do projeto. Através das redes de cooperação da UCP iremos procurar uma instituição de ensino estrangeira que pretenda colaborar nas fases de teste. Desta forma garantimos que o projeto seja construído com a multiplicidade de requisitos que uma aplicação localizada exige como línguas, formatos de data ou diferenças horárias diferentes, entre várias.
O sistema a implementar será instalado na cloud com vários servidores de backend ligados através de um serviço de balanceamento de carga elevada disponibilidade e redundância de forma a prevenir falhas na infraestrutura.

1.3. Caracterização e fundamentação técnica

O “Oral e-Health Monitoring Platform” tem duas características pioneiras e inovadoras no âmbito das tecnologias aplicadas à Medicina Dentária:

1º - centralização do historial clínico médico-dentário na posse do paciente.

2º - partilha do historial clínico médico-dentária com os vários intervenientes na saúde oral do paciente.
(sempre enquadrados no regime legal em vigor no país em que é aplicado)

Desta forma, o paciente poderá aceder aos seus dados através de uma aplicação móvel e dar acesso ao seu perfil e historial clínico aos Médicos que o acompanhem, sejam eles Médicos Dentistas, Médicos de Medicina Geral e Familiar, ou outra especialidade Médica.

De igual modo, sendo esta uma plataforma computada na cloud, também será possível ao Médico Dentista partilhar informação com outros colegas, por exemplo, no âmbito de uma consulta de especialidade de Medicina Dentária (Periodontologia, Cirurgia Oral, Ortodontia, entre outras) ou de Medicina.
Cada um destes exemplos referidos anteriormente, é pioneiro em Portugal e não temos conhecimento de nenhuma aplicação semelhante enunciada na literatura, ou divulgada por uma empresa da área. Com esta partilha de informação será efetivamente possível integrar a saúde oral na saúde sistémica do paciente, e contribuir de uma forma real e eficaz para a sua qualidade de vida relacionada com a saúde oral.

Para além da vertente clínica referida anteriormente, o acesso a estes dados clínicos poderá ser cedido a entidades de formação e investigação, para a realização de estudos científicos. Uma vez que se pretende que esta aplicação seja utilizada por um número elevado de clínicas de medicina dentária em Portugal e no estrangeiro, os dados aqui gerados (big data) poderão ser utilizados em investigações científicas desenvolvidas em instituições de ensino e investigação em Medicina Dentária para a produção de uma medicina dentária baseada na evidência.

Toda esta partilha e possibilidade de comunicação bi-direcional entre o paciente e os diversos elementos intervenientes na sua saúde oral, poderá contribuir para alertar o paciente e o médico dentista de futuras intervenções ou ações de manutenção necessárias, bem como possibilitar ao médico atual esclarecer questões relacionadas com intervenções anteriores com os seu colegas. Para o desenvolvimento desta alarmística, a plataforma vai contar com rotinas de Inteligência Artificial que vão usar a informação disponível em cooperação com outras instituições de investigação e desenvolvimento. Pretende-se usar redes de cooperação existentes entre a UCP e outras universidades estrangeiras.

A utilização do registo clínico eletrónico médico-dentário em conjunto com algumas ferramentas de apoio ao diagnóstico irão ser a base referencial de rotinas de aprendizagem assistida que visam o melhoramento contínuo de modelos científicos existentes. Estes modelos pretendem dar uma vantagem no apoio ao diagnóstico do Médico Dentista bem como a inerente vantagem de uma melhor saúde oral resultando de um acompanhamento preventivo mais predominante em detrimento das usuais intervenções corretivas. Acompanhando a evolução tecnológica na Medicina Dentária pretende-se integrar, p.ex. no registo clínico electrónico um “odontograma” 3D real de cada paciente, obtido através do levantamento de forma das estruturas dentárias e restantes elementos anatômicos da cavidade oral, seja através de um scanner intra-oral, seja através de uma tomografia computadorizada de feixe cônico (CBCT). A recolha destes elementos, em diferentes períodos temporais da consulta do paciente, permite um acompanhamento real do estado de saúde oral do paciente e o seu armazenamento em suporte informático passível de consulta em qualquer local/período.
Não tendo conhecimento de nenhum serviço / produto existente com um grau de semelhança próximo ao que pretendemos desenvolver, entendemos que este produto que pretendemos desenvolver é pioneiro e inovador, não só em Portugal, como no resto do mundo.
AcronymOeHMP
StatusFinished
Effective start/end date1/02/2230/06/23

Collaborative partners

Funding

  • Portugal2020: €447,826.53

UN Sustainable Development Goals

In 2015, UN member states agreed to 17 global Sustainable Development Goals (SDGs) to end poverty, protect the planet and ensure prosperity for all. This project contributes towards the following SDG(s):

  • SDG 3 - Good Health and Well-being
  • SDG 4 - Quality Education
  • SDG 9 - Industry, Innovation, and Infrastructure

Fingerprint

Explore the research topics touched on by this project. These labels are generated based on the underlying awards/grants. Together they form a unique fingerprint.