Project Details

Description

The Politics of Silence/ Políticas do Silêncio é uma antologia-livro-exposição sobre o silêncio, enquanto conceito e prática essencial para a cultura visual contemporânea na sua relação com o político. Se pensarmos na definição de silêncio pelo dicionário (estado de quem se abstém ou pára de falar; cessação de som ou ruído; interrupção de correspondência ou de comunicação; sossego, quietude, calma; segredo, sigilo), pensaremos em passividade. No entanto, o silêncio foi e é usado violentamente ao longo de regimes políticos opressores para censurar e apagar ideias, identidades e narrativas dissonantes. Por outro lado, como as práticas artísticas contemporâneas têm demonstrado (lembremos, por exemplo, "The Silent University", de Ahmet Ogut), o silêncio pode ser também um protesto poético, uma moeda de troca, e uma ferramenta poderosa de resistência. “O político”, como Oliver Marchart argumenta, implica conflito e uma ontologia baseada na práxis do político tem consequências para a maneira como se vê e como se compreende o mundo (2018). A política e a estética encontram-se precisamente quando o que até então permanecia invisível surge destacado, quando o que até então estava em silêncio ganha voz (Rancière, 2000/2004). Assim, se, por um lado, o silêncio pode ser uma forma destrutiva de exercer poder, por outro, também pode ser uma ferramenta criativa de resistência. A metodologia editorial deste livro-exposição está enraizada na investigação aplicada por meio das práticas artísticas e da análise crítica destas práticas numa abordagem de transdisciplinaridade e de transculturalidade, para, em vez de chegar a um consenso, contribuir para a produção de novo conhecimento. Mais concretamente, a edição assentará na produção de textos de teóricos com trabalho relevante sobre mediação, conflito(s) sistémico(s), e identidade(s) bem como em trabalhos de artistas que representam uma diversidade de perspetivas e de vozes que definem a arte (e a vida) hoje. Para analisar tais dimensões, a seleção de artistas que irão produzir trabalhos especificamente para o livro impresso e online ancora-se na comparação entre Portugal-Espanha e Suécia-Dinamarca, a partir de visões das diásporas africana e asiática. Portugal e Espanha são países nos quais o regime opressor do fascismo foi um elemento fundamental das culturas nacionais ao longo de suas histórias até 1974 e 1975, deixando marcas e efeitos sociais, culturais e económicos que persistem hoje, e, especificamente em Portugal, na construção de uma narrativa de uma História nacional não-racista, longe da verdade da realidade do passado colonial. Já na Suécia e na Dinamarca, também com histórias de colonialismo, a censura é proibida pela Constituição desde os séculos XVIII e XIX, respetivamente, e ambos exemplificam o modelo nórdico (social e democrático) com raízes nos anos 1930, mais de quarenta anos antes de Portugal e Espanha virem a tornar-se Estados Democráticos, num modelo bastante diferente daquele modelo. Hoje, em tais países – assim como por toda a Europa -, o racismo e a xenofobia proliferam. É crucial olhar para o início das realidades atuais, discernir o que é verdadeiramente novo sobre os tempos que correm e o que representa uma recorrência de padrões de opressão ou um eco das ideologias do passado para evitar que este se repita (Balibar, 2001; Bauman, 2001). 2004; Braidotti, 2018).

Este projeto contou com o apoio da DGArtes, e, numa parcela menor, da Danish Arts Foundation - neste caso, no relativo às despesas de produção afetas aos artistas dinamarqueses e, de um modo particular, às apresentações internacionais realizadas em Copenhaga e em Valladolid. Data de submissão da candidatura: 1 de fevereiro de 2021; data de aprovação: 18 de março de 2021; período do financiamento: de 14 de outubro a 18 de dezembro de 2021.
StatusFinished
Effective start/end date1/12/201/12/21

UN Sustainable Development Goals

In 2015, UN member states agreed to 17 global Sustainable Development Goals (SDGs) to end poverty, protect the planet and ensure prosperity for all. This project contributes towards the following SDG(s):

  • SDG 4 - Quality Education
  • SDG 16 - Peace, Justice and Strong Institutions

Keywords

  • Silence
  • Power
  • Book
  • Exhibition
  • Anthology

Fingerprint

Explore the research topics touched on by this project. These labels are generated based on the underlying awards/grants. Together they form a unique fingerprint.