Tailored microenCAPsulation technology for Extreme Oxygen-Sensitive BACteria with beneficial effects in the gut microbiota: Production, stability and functionality enhancements in various carriers

Project Details

Description

Sabe-se que a dieta controla/modula muitas funções corporais que regulam a saúde/homeostasia e que produtos funcionais são responsáveis por vários benefícios na saúde. O conceito de bactérias benéficas/probióticas está baseado na noção de que o ecossistema intestinal contribui para a saúde humana reduzindo riscos de doença.
F. prausnitzii e A. muciniphila têm sido indicadas como candidatas para próxima geração de probióticos com grande potencial para prevenir distúrbios inflamatórios devidos à dieta. No entanto, a extensão de como estas bactérias intestinais serão eficazes em humanos permanece em grande parte inexplorado principalmente devido à sua extrema sensibilidade ao O2 (ESO). Para estas bactérias poderem ser usadas com sucesso em alimentos/suplementos dietéticos ou fármacos, terão que ser estáveis e eficazes nos humanos. Dada a forte necessidade de modulação da abundância de F. prausnitzii e/ou de A. muciniphila no intestino, e conscientes da falta de conhecimento sobre metodologias válidas para tal, identificou-se uma necessidade premente da modulação da abundância de F. prausnitzii e/ou de A. muciniphila no intestino, mas a questão científica principal é como isso pode ser feito? A hipótese base deste projeto baseia-se no possível desenvolvimento de soluções tecnológicas em condições aeróbias, via microencapsulação, para aumentar a viabilidade, estabilidade, inocuidade e funcionalidade de F. prausnitzii e de A. muciniphila. O desenvolvimento de novas tecnologias para o manuseio das bactérias ESO selecionadas ao ar ambiente e simultaneamente a produção de novos produtos funcionais serão extremamente importantes para a economia. Assim, os principais objetivos da proposta são:
1) Promover a viabilidade/estabilidade ótimas destas bactérias ESO sob condições de stress utilizando diferentes agentes;
2) Adaptar/estabelecer novas estratégias de microencapsulação para aumentar a viabilidade/estabilidade das bactérias ESO;
3) Adaptar métodos para avaliar ESO microencapsuladas (MCESO) durante o armazenamento, resistência gastrointestinal;
4) Avaliar o impacto in vitro das condições de processamento sobre a fisiologia/expressão/regulação de genes de MCESO;
5) Desenvolver e caracterizar novos alimentos/suplementos ou fármacos com MCESO;
6) Validar a atividade biológica in vivo de MCESO incorporadas nas formulações selecionadas.
AcronymCAPEOSBAC
StatusFinished
Effective start/end date1/06/1831/10/21

Collaborative partners

Fingerprint

Explore the research topics touched on by this project. These labels are generated based on the underlying awards/grants. Together they form a unique fingerprint.