A formação em conservação e restauro na Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa

Research output: Contribution to conferenceAbstract

13 Downloads

Abstract

Actualmente o exercício da profissão de conservador- restaurador em Portugal está regulamentado por legislação específica, que tem vindo a evoluir numa tentativa de acompanhar o desenvolvimento do sector nos domínio económico, social e cultural. A formação dos conservadores restauradores é hoje considerada de nível académico, de acordo com as directrizes de organismos internacionais como a E.C.C.O e a rede ENCoRE, constatando-se uma enorme mudança face às décadas de 70 e 80 do século XX. A adopção do regime de Bolonha no contexto do ensino superior quer em Portugal, quer noutros países da europa comunitária, determinou a necessidade de adaptação dos planos de estudos em função dos níveis de competências e conhecimentos a adquirir pelos futuros profissionais, de modo articulado com as exigências da prática em contexto real de mercado de trabalho. Nesta comunicação apresentaremos o projecto de formação implementado na Escola das Artes/ U.C.P .nos três ciclos de estudo, analisaremos as dinâmicas de trabalho/investigação e as relações que fomos estabelecendo ao longo de mais de uma década com a comunidade e parceiros
Original languagePortuguese
Pages25-25
Number of pages1
Publication statusPublished - 2015
EventIII Encontro Luso-Brasileiro de Conservação e Restauro - Universidade de Évora, Évora, Portugal
Duration: 11 Nov 201514 Nov 2015

Conference

ConferenceIII Encontro Luso-Brasileiro de Conservação e Restauro
Country/TerritoryPortugal
CityÉvora
Period11/11/1514/11/15

Cite this