Dilatando a fé e o império: A Imprensa na Guiné no colonialismo (1880-1973)

Translated title of the contribution: Enlarging the faith and the empire: The press of Guinea throughout colonialism, 1880-1973

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Analisar a trajectória do jornalismo e as relações entre a imprensa o império na Guiné ao longo do colonialismo são os objectivos do artigo. O estudo adopta uma perspectiva multidisciplinar de investigação e análise, na qual a imprensa é observada na sua interdependência às dimensões política, económica e social. Aplicam-se as teorias do jornalismo em regimes liberais e autoritários para se observar a imprensa. O tardio surgimento da imprensa oficial reflectiu a fragilidade da presença portuguesa durante a Monarquia Constitucional. Ao longo da República a imprensa independente não se afirmou como espaço de debate público. No Estado Novo a imprensa serviu à propaganda do regime autoritário. Ao longo do colonialismo a imprensa na Guiné desempenhou o papel de apoiar e defender o império.
Translated title of the contributionEnlarging the faith and the empire: The press of Guinea throughout colonialism, 1880-1973
Original languagePortuguese
Pages (from-to)119-138
JournalRevista Media & Jornalismo
Volume16
Issue number29
Publication statusPublished - Sep 2016

Keywords

  • Colonialism
  • Portuguese Empire
  • Press
  • Guinea-Bissau

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Enlarging the faith and the empire: The press of Guinea throughout colonialism, 1880-1973'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this