Família e Violência em João Canijo

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Este texto pretende discutir as representações da identidade nacional portuguesa a partir de um caso de estudo específico: o cinema de João Canijo. Esta análise cultural a partir das imagens em movimento tentará perceber a forma como o cinema se introduz no debate contemporâneo das identidades nacionais. Esta discussão – que tem sido persistente nos campos dos estudos culturais, da história, da filosofia e da sociologia – coloca-se no campo das mentalidades em que se propõe uma divisão entre representações idealizadas (com uma forte influência do legado salazarista), e uma realidade mais complexa e violenta. Iremos sugerir que o cinema de João Canijo, de forma sistemática desde o final dos anos noventa, dialoga com estas duas representações paradoxais.
Original languagePortuguese
Title of host publicationEstudos culturais e interfaces: objetos, metodologias e desenhos de investigação
EditorsMaria Manuel Baptista, Flavi Ferreira Lisboa Filho
Place of PublicationAveiro
PublisherUniversidade de Aveiro
Pages149-169
Number of pages21
ISBN (Print)978-989-20-6719-3
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • João Canijo
  • Cinema português
  • Violência
  • Família
  • Identidade nacional

Cite this