Literacia em saúde: intervenção em uma comunidade vulnerável no Norte de Portugal

João Neves-Amado, Ana Rita Oliveira, Ana Paula Barbosa, Joana Barbieri, Beatriz Soares, Diana Almeida, Maria Clara Braga

Research output: Contribution to journalMeeting Abstractpeer-review

2 Downloads

Abstract

Introdução: A Literacia em saúde é importante para a qualidade de vida dos elementos da comunidade [1]. Em Portugal é estimado que 5 em 10 pessoas tenham níveis reduzidos de literacia em saúde [2]. Atendendo à assistência proporcionada por instituições socio caritativas, nomeadamente as de cariz religioso, estas têm papel importante no apoio em situação de vulnerabilidade [3]. Objetivos: Descrever a intervenção comunitária realizada em população vulnerável que recorreu aos apoios de uma instituição socio caritativa da cidade do Porto, abordando as temáticas relacionadas com a promoção da vacinação contra a gripe e prevenção de complicações em tempo frio. Material e Métodos: Assumiu-se como população alvo desta intervenção as pessoas que recorreram aos serviços da instituição na sua sede e com os seguintes critérios: maiores de 18 anos, com número de telefone válido (para posterior contacto) e que saibam ler e escrever. Na primeira fase foi realizada avaliação de conhecimentos sobre as temáticas através de questionário escrito aplicado na sala de espera. Na segunda foram disponibilizados os recursos para visualização de vídeos e fornecimento de um folheto de sensibilização sobre as temáticas intervencionadas e com posterior validação do conteúdo visionado. No último momento, passado pelo menos 2 dias úteis, através de contacto telefónico realizou-se o segundo momento de avaliação de conhecimentos. Resultados: Na intervenção descrita foram abordadas inicialmente 22 pessoas, tendo 12 aceite participar. Concluíram 11 o preenchimento da primeira avaliação (92%). No último momento previsto na intervenção, 9 pessoas atenderam mas só 4 destas realizaram o segundo momento de avaliação na íntegra (44%). Como resumo da intervenção podemos apresentar que houve um aumento de conhecimento sobre as temáticas lecionadas em 100% das pessoas que concluíram todos os passos da intervenção (4 pessoas). Conclusões: A intervenção prevista promoveu a literacia em saúde na amostra que concluiu as fases previstas. Será de ponderar o motivo da não adesão (muitas vezes identificado como urgência no acesso ao recurso da instituição) e aumentar o tempo de aplicação da intervenção para aumentar a amostra. A avaliação por parte do parceiro que acolheu a intervenção foi positiva e mostrou abertura para a continuidade da mesma.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)103-103
Number of pages1
JournalRevSALUS
Issue numberSuplemento 2
Publication statusPublished - Sep 2020
Event3ª Reunião Internacional da Rede Académica das Ciências da Saúde -
Duration: 25 Sep 202029 Sep 2020
http://3rracs.esenf.pt/

Keywords

  • Literacy
  • Public health nursing
  • Community health

Cite this