Pais brilhantes numa sociedade complexa, diferenciada e plural

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

11 Downloads

Abstract

A sociedade moderna está repleta de marcas de decepção e de relativismo. Não obstante a pluralidade de referentes de sentido, há, na geração mais nova, como que um vazio de padrões de conduta, contrariamente à geração dos pais, razão pela qual muitos jovens sentem que nada é seguro e de que não vale a pena lutar por ideais. Uma coisa é certa, pese embora as mudanças dos estilos educativos, os pais continuam a querer o melhor para os seus filhos. A questão está em saber como ser bom pai. Cientes de que a educação é um dever inalienável e a que nenhum pai se pode escusar, é preciso ter consciência de que bons pais não nascem feitos, fazem-se ao longo da vida, amadurecendo com a educação dos filhos.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)99-117
Number of pages19
JournalSONHAR
Volume2
Publication statusPublished - Jul 2010

Cite this