Reflexões sobre a guerra na Ucrânia: novas ilusões ou verdadeiras promessas para a segurança europeia?

Evanthia Balla*

*Corresponding author for this work

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

10 Downloads

Abstract

No dia 24 de fevereiro a invasão da Ucrânia pela Rússia coloca fim a um período de três décadas de uma ‘paz fria’, como descrito por Bugajski (Bugajski 2004). Na realidade, após o fim da guerra fria, o Oriente e o Ocidente distanciaram-se sistematicamente. Entre 1999 e 2020 a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), desconsiderando as promessas verbais que a administração americana sob a liderança de George Bush tinha dado à Rússia de que a Organização não iria ultrapassar a fronteira oriental de uma Alemanha unida, avança para um grande alargamento, inclusive integrando países que fazem fronteira com a Rússia, como a Letónia e a Estónia. Por sua vez, Putin inicia uma estratégia sistemática e de longo prazo para recuperar a influência russa sobre os seus antigos satélites e limitar a presença e influência ocidentais em regiões consideradas chave para sua segurança
Original languagePortuguese
Pages (from-to)354-359
Number of pages6
JournalJanus.net
Volume13
Issue number2
DOIs
Publication statusPublished - Nov 2022

Cite this