Contributos para a construção de um e referencial de práticas pedagógicas para o ensino da formação musical iniciação

Atividade: Orientações

Este relatório, elaborado no âmbito das unidades curriculares de Prática Profissional (PP) I e II, reflete o percurso realizado na instituição de acolhimento, Escola de Música de Perosinho (EMP) sob a supervisão científica e pedagógica das Professoras Doutora Luísa Orvalho e Drª Sílvia Dias. Evidencia também, a pesquisa do tipo intervenção pedagógica que envolveu planeamento e implementação de mudanças e inovações pedagógicas, destinadas a produzir melhorias nos processos de ensino e aprendizagem dos alunos de Formação Musical (FM) Iniciação, níveis III e IV e a posterior avaliação dos efeitos e impactos no sucesso e desempenho escolares dos sujeitos participantes. O Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP) foi concebido, calendarizado e implementado nas unidades curriculares de Seminário de Intervenção Pedagógica e Projeto de Intervenção Pedagógica, do plano de estudos do 2º ano, 1º e 2º semestres respetivamente, do curso de Mestrado em Ensino de Música, da Escola das Artes e Faculdade de Educação e Psicologia, da Universidade Católica Portuguesa, Católica Porto. Na PARTE I, faz-se a descrição do percurso realizado durante a PP, efetuada durante o ano letivo de 2020/2021, com as turmas das disciplinas de FM- Iniciação, dos níveis III e IV, e Classe de Conjunto (CC) Coro, do Curso Básico de Iniciação em Música, em regime supletivo. Depois de um enquadramento do contexto, é apresentada uma descrição detalhada das componentes da prática supervisionada e termina-se com uma reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional e organizacional vivenciada nesta fase de formação. Na PARTE II, apresenta-se, no formato de artigo científico, a investigação qualitativa que foi realizada na PP, durante os meses de fevereiro a maio de 2021, em vinte aulas, com as turmas de FM Iniciação, para aplicar o PIP designado “Contributos para a Construção de um e-Referencial de Práticas Pedagógicas para o Ensino da Formação Musical Iniciação” numa amostra de vinte e um alunos, que frequentavam o Curso de Iniciação em Música, dos níveis III e IV, em regime supletivo, com idades compreendidas entre os 8 e os 9 anos de idade, com recurso à utilização de métodos ativos dos pedagogos musicais Émile Jaques-Dalcroze, Edgar Willems, George Self e Murray Schafer. Como produto desta pesquisa, foi construído um e-Referencial de Práticas Pedagógicas para o Ensino da Iniciação Musical, selecionando as Aprendizagens Essenciais interiorização dos elementos musicais (timbre, intensidade, articulação, andamento, duração, altura, densidade, modos e forma), entoação, improvisação, leitura e descoberta de novos sons, criação de notações musicais e escrita de partituras com avaliação muito positiva no desenvolvimento curricular concretizado.
Período19 jul. 2021
Realizado emUniversidade Católica Portuguesa
Grau de reconhecimentoMestrado

Keywords

  • Ensino artístico especializado de música
  • Formação musical - iniciação
  • Classe de conjunto - coro
  • Aprendizagens essenciais
  • Métodos musicais ativos
  • Pedagogos musicais