Pintura concentrada : elementos para definir um conceito pictórico contemporâneo : presença e itinerários da hibridação no seu sedimentar

  • Jorge Manuel Abade Dias (ALuno)
  • Espiña, Y. (Supervisor)
  • António Olaio (Co-supervisor)

Atividade: Orientações

O propósito deste estudo, Pintura Concentrada – Elementos para definir um conceito pictórico contemporâneo: presença e itinerários da hibridação no seu sedimentar, tem como missão consolidar o ato de concentrar como um denominador comum na criação artística, e estabelecer como este ato acontece na pintura com uma particular relevância. Para que tal seja feito num fundo sistemático organizado – com um tratamento dos grandes centros em que a concentração acontece – procedemos a uma organização que divide a tese em cinco grandes momentos, precedidos de uma abertura preambular que centra a natureza do que será o impulso mais essencial da criação. Estes cinco momentos desenvolvem um percurso que se inicia no objetual e material da pintura na primeira consideração da sua existência (I); passando pela sua possibilidade de interpretabilidade (II); pela verdade e realidade na ocorrência da sua concentração (III); pelo escrutínio do entrelaçamento conceptual rizomatico presente na criação artística (IV); até à análise e função da hibridação na concentração, reforçando neste itinerário a invisualidade. Na sua interpretabilidade concentrada e em toda a sua concentração aberta disposta à alteridade, as obras estão dispostas à fruição, aguardando pela sua final animação e legitimação pela interação. A concentração consolida-se assim por si mesma como um conceito pictórico contemporâneo.
Período30 set 2015
Realizado emUniversidade Católica Portuguesa
Grau de reconhecimentoDoutoramento