Fotografia de Joana Loureiro sem direitos de autor
Calculado com base no n.º de publicações armazenadas no Pure e citações do Scopus
20032020

Produção científica por ano

Perfil pessoal

Biografia

Nos últimos 5 anos, e após cerca de 20 anos de investigação biomédica, comecei a trabalhar em educação de ciência. No CBR, o meu trabalho tem como foco e objetivo potenciar a literacia científica e a literacia em saúde da comunidade escolar e da população em geral, particularmente em Oeiras. Como investigadora biomédica, os meus interesses são desde longa data as interações hospedeiro-patógeno, particularmente processos celulares manipulados por microrganismos patogénicos como vírus e parasitas e na interface entre biologia celular e imunologia. A minha experiência de investigação laboratorial (2000-2018) proporcionou-me conhecimentos aprofundados sobre imunidade adaptativa e inata, estratégias de evasão imunitária viral e vários aspetos da biologia celular da infeção no contexto de vírus de ADN (herpesvírus, nomeadamente citomegalovírus humano) e de ARN (flavivírus, nomeadamente o vírus da hepatite C), bem como do parasita apicomplexo Toxoplasma gondii. O meu trabalho de tese de doutoramento foi feito sob a supervisão do professor Hidde L. Ploegh na Harvard Medical School e no Whitehead Institute, que pertence ao Massachusetts Institute of Technology, e focou-se na evasão do sistema imunitário pelo citomegalovírus humano. Fiz 2 pós-doutoramentos: um dedicado à infetividade do vírus da hepatite C na Rockefeller University, sob a orientação do Professor Charles M. Rice (2008-2013), e um segundo sobre a imunidade inata contra o Toxoplasma gondii no Instituto Gulbenkian de Ciência, em que o Professor Jonathan C. Howard foi o meu mentor (2014-2019). Durante este postdoc no IGC recebi uma bolsa individual Marie Curie - IF 708694: Cytoplasmic sensing of Toxoplasma gondii infection and host cell programmed necrosis (Acronym: "Toxoplasma sensing"). Em 2019, fiz uma transição para o mundo infinitamente criativo da educação de ciência como co-diretora do projeto "Lab in a Box - future with science" do Instituto Gulbenkian de Ciência, um projeto que visa promover a implementação da ciência experimental em escolas do ensino básico de Oeiras investindo no design de experiências, na produção de kits – caixas contendo todos os materiais necessários -, e na formação e capacitação de professores de estudo do meio e de ciências. Ingressei no CBR no final de 2022 para dirigir o seu programa “Literacia em Ciência e Saúde em Oeiras”, abreviadamente chamado de “Lit Up”, uma parceria CBR/Oeiras Valley. O CBR faz parte da Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa (UCP) e o seu Lit Up quer “iluminar” ou “acender” e fomentar a literacia científica e literacia em saúde no concelho de Oeiras em geral, com um foco particular em alunos e professores do ensino secundário.

 

Experiência relacionada com os ODS da ONU

Em 2015, os estados membros da ONU concordaram com 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) globais para acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir a prosperidade para todos. O trabalho desta pessoa contribui para o(s) seguinte(s) ODS:

  • ODS 3 - Boa saúde e bem-estar

Educação/Habilitações académicas

Doutoramento, Manipulação viral da apresentação de antigéneos: a imunoevasina US2 do CMVH e a degradação associada ao retículo endoplasmático, University of Lisbon

23 jan. 200217 mai. 2007

Data do prémio: 17 mai. 2007

Licenciatura, Biologia, University of Porto

30 set. 199516 out. 1999

Data do prémio: 16 out. 1999

Keywords

  • Q Science (General)
  • QR180 Immunology
  • QR355 Virology
  • RB Pathology
  • LB1501 Primary Education
  • LB1603 Secondary Education. High schools

Impressão digital

Explore os tópicos mais investigados por Joana Loureiro.
  • 1 Perfis semelhantes

Colaborações e principais áreas de investigação dos últimos cinco anos

Colaboração externa recente ao nível do país/território. Explore em detalhe clicando nos pontos ou