3BOOST - TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO EM: BIOTECNOLOGIA AGROALIMENTAR, BIOMEDICINA E BIOINFORMÁTICA

Detalhes do projeto

Description

O projeto 3Boost, promovido pela UCP, vista a transferência de Conhecimento Científico e Tecnológico nas áreas da Biotecnologia Agroalimentar e da Biomedicina/Saúde
incorporando transversalmente a Bioinformática.
O objetivo principal do projeto é potenciar a valorização económica dos resultados de I&D nas áreas de bioeconomia, através do reforço de transferência de conhecimento para o setor empresarial e do reforço das condições para start-ups, por via da transformação de ideias e tecnologias inovadoras geradas por investigadores, alunos de doutoramento e mestrado, dos centros regionais do Porto e de Viseu da UCP.

O projeto contribuirá para a sustentabilidade da função transferência de conhecimento, estímulo, deteção e desenvolvimento de ideias para projetos de negócio baseados em produtos e serviços e exposição e envolvimento dos stakeholders do ecossistema de inovação e empreendedorismo.
Está especialmente orientada para um impacto em setores económicos prioritários na Região Norte e Centro consistentes com as respetivas RIS3, orientadas para um
crescimento económico inteligente e sustentável procurando uma especialização e internacionalização que diferencie e acrescente valor aos tecidos económicos e sociais
das regiões. O desenvolvimento beneficia da possibilidade de uma maior capacidade de incorporação de uma maior intensidade de tecnologia e conhecimento, atendendo a questões centrais de economia circular e sustentabilidade, bem como da digitalização e da industria 4.0, que serão ainda mais relevantes numa economia pós-covid.

O projeto 3BOOST é co-financiado pelas seguintes entidades: COMPETE 2020,PORTUGAL 2020, União Europeia-Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.
 
ATIVIDADES GERAIS

Atividade 1 - Competências e Resultados de ID

Esta Atividade 1 estrutura e prioriza o conhecimento a desenvolver por investigadores para efeitos de prototipagem e provas de conceito (tarefa 2.2 e 2.3) e a explorar o potencial de apropriação pelo tecido económico. Ficam também  criadas as bases para suportar novas parcerias e projetos com empresas.

1.1. Criação de um portefólio de competências para projetos de I&D
Nesta tarefa será realizado um mapeamento do conhecimento e competências existentes relevantes para responder a necessidades do tecido económico com vista a promover oportunidades pela correspondência entre conhecimento  necessidades, geradoras de valor acrescentado nas regiões de inserção (Norte e Centro).

1.2. Screening (levantamento e seleção) de resultados de I&D
Serão também elaborados dois Screenings de Resultados de I&D+I através de um levantamento a realizar junto das diferentes equipas de investigação da UCP-Porto e UCP-Viseu, contando com o apoio dos investigadores chave internos que como consultores científicos contribuirão para uma avaliação do potencial de aplicação empresarial
que permita uma selecção dos Resultados que serão reportados para valorização e transferência de conhecimento

1.3. Relatório executivo de competências e resultados I&D


Atividade 2 – Sensibilização, Protótipos e Provas de Conceitos

2.1. Ações de sensibilização e divulgação
Será criado um Website do Projeto e desenvolvida a capacidade de multiplicação em outros sites e plataformas digitais institucionais e temáticas em função dos conteúdos a promover e dos públicos alvos empresariais.
Será criado um Website do Projeto e desenvolvida a capacidade de multiplicação em outros sites e plataformas digitais institucionais e temáticas em função dos conteúdos a promover e dos públicos alvos empresariais.
Serão também desenvolvidos materiais de disseminação físicos (2 rollups, leaflet, posters) para promover a sensibilização e divulgação na realização e na participação em eventos nacionais e internacionais de disseminação dos resultados a diferentes stakeholders.


2.2. Desenvolvimento protótipos

A tarefa 2.2 promoverá, como uma suas ações centrais, a mobilização das competências individuais com origem especialmente em Estudantes de Mestrado e de Pós-graduação da UCP (Centros Regionais do Porto e Viseu).
Pretende-se ainda promover a participação de seleções de alguns dos protótipos em Eventos Nacionais e Internacionais que envolvam stakeholders do ecossistema empreendedor (investidores, empresários, empreendedores, empresas, entre outros). Será ainda fomentada a participação de Equipas em outros Programas
e Concursos adequados, quer Nacionais e quer Internacionais como os associados ao EcoTrophelia, Everis, BornFromKnowlegde, InnovaHealth, entre outros

2.3. Desenvolvimento de provas de conceito

A tarefa 2.3 promoverá, como uma suas ações centrais, a mobilização das competências individuais com origem especialmente em Investigadores Doutorados, Estudantes de Doutoramento e Outros Investigadores da UCP (Centros Regionais do Porto e Viseu).
As provas de conceito irão incorporar a perspetiva dos negócios nas áreas de aplicação e as necessidades e requisitos identificados pelo tecido empresarial, criando condições reforçadas para atrair o interesse nas cadeias de valor relacionadas, designadamente na área da biotecnologia (agroalimentar), biomedicina, bioinformática, mas também junto do ecossistema de inovação (investidores, business angels, empresários, incubadoras, e ainda consultores e mentores de negócios). A tarefa 2.3 promoverá, como uma suas ações centrais, a mobilização das competências individuais com origem especialmente em Investigadores Doutorados, Estudantes de Doutoramento e Outros Investigadores da UCP (Centros Regionais do Porto e Viseu).


2.4. InnovationDay 

Esta tarefa consistirá na organização de dois seminários temáticos orientados para o tecido económico e industrial
nas três áreas do 3Boost (biotecnologia agroalimentar), biomédica e bioinformática), e inclui ações de show-case,
apresentação, discussão e avaliação do protótipos (tarefa 2.2) e provas de conceito (tarefa 2.3).

2.5. Dinamização de ações de divulgação in-situ de projetos de I&D da UCP

Desenvolvimento de ações de divulgação para afirmar a UCP como uma ENESII com alto nível de transferência de conhecimento e de valorização das suas competências.

2.6. Promoção de reuniões bilaterais

No âmbito desta tarefa serão promovidas e realizadas reuniões bilaterais, one-on-one, com empresas específicas para apresentar e discutir as tecnologias identificadas e apoiadas nas atividades anteriores.

2.7. Webinar temáticos nas 3 áreas do projeto

Os três webinars promovidos no âmbito desta atividade permitirão apresentar às empresas das respetivas áreas as
competências, as tecnologias e os produtos identificados e apoiados ao longo do projeto.

2.8. Plano de Comunicação 3Boost

Esta tarefa passa pela definição da estratégia de disseminação e comunicação e pelo planeamento de um processo que abranja uma vasta gama de atividades suscetíveis de atingir os grupos-alvo.

Atividade 3 - Modelos de Negócio

3.1. Elaboração de modelos de negócio para start-ups

Pretende-se o fomento de projetos semente e spin-offs, no âmbito do sistema de I&D+I (desenvolvidos na atividade 2), com vista à transformação de ideias inovadoras em iniciativas empresariais, incluindo o desenvolvimento de validação de protótipos, provas de conceito pré-comerciais e/ou processos para mercados/setores de aplicação.

3.2. Relatório final de transferência de conhecimento 3Boost

Com base nos resultados das restantes atividades do projeto, será elaborado um relatório final a disponibilizar publicamente com a descrição das atividades do projeto, as dificuldades e desafios da sua implementação, e respetivas propostas de melhoria, as conclusões mais importantes e os principais resultados no que diz respeito à transferência de conhecimento e valorização de conhecimento.


Atividade 4 - Seminários, Mentoria e Consultadoria

4.1. Programa de seminários em transferência do conhecimento científico e tecnológico

Será organizado um conjunto de seminários (tarefa 4.1) para as equipas (equipas de prototipagem + equipas deprovas de conceito), de modo a capacitá-las para a transferência de conhecimento científico e tecnológico dos seus projetos e/ ou de acordo com os conhecimentos e resultados I&D identificados na atividade 1.

4.2. Programa de mentoria empresarial às equipas de projeto de provas de conceito / prototipagem

Estatarefa vem apoiar os projetos e equipas apoiados na tarefa 2.3 enquanto estão a desenvolver os seus protótipos e a dar corpo às provas de conceito, A mentoria, num total de 300 horas, será prestada por profissionais de reconhecido mérito e com capacidade e interesse em disponibilizarem a sua experiência, conhecimento e redes de contactos.

4.3. Programa de consultadoria científica às equipas de projetos

Esta tarefa consistirá na prestação de apoio e aconselhamento científico, especialmente direcionado para os protótipos (tarefa 2.2) e projetos de provas de conceito (tarefa 2.3).


Atividade 5 - Roadmapping, Vigilância e Patentes

5.1. Roadmapping para projetos I&D+I

A Atividade 5 contribuirá para identificar os principais problemas e necessidades do mercado no que diz respeito à biomedicina, agroalimentar e bioinformática, com especial enfoque em projetos advindos das tarefa 2.2 (Desenvolvimento de protótipos) e 2.3 (Desenvolvimento de provas de conceitos), embora possa não estar limitado a eles.

5.2. Vigilância tecnológica para portfólio do conhecimento

A Atividade 5 incluirá também a realização de estudos de vigilância tecnológica direcionados particularmente às tecnologias apoiadas nas tarefas 2.2 (Desenvolvimento de protótipos) e 2.3 (Desenvolvimento de provas de conceitos), embora possa não estar limitado a elas.

5.3. Estudos de patenteabilidade e proteção do conhecimento

A Atividade 5 terminará com a realização de um conjunto de estudos sobre o potencial de patenteabilidade detecnologias selecionadas, em particular aquelas apoiadas nas tarefas 2.2 (Desenvolvimento de protótipos) e 2.3 (Desenvolvimento de provas de conceitos), embora não esteja limitada a estas.

Key findings

Bioinformática; Biomedicina; Biotecnologia Agro-alimentar; Digitalização; Economia
Circular; Empreendedorismo; Indústria 4.0; Inovação; Sustentabilidade; Transferência de
Conhecimento; Universidade Católica Portuguesa.
Acrónimo3Boost
EstadoTerminado
Data de início/fim efetiva27/01/2230/06/23

Funding

  • Programa Operacional Competitividade e Internacionalização: 849 966,76 €

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Em 2015, os estados membros da ONU acordaram 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) globais para acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir a prosperidade para todos. O projeto contribui para o(s) seguinte(s) ODS:

  • ODS 3 - Boa saúde e bem-estar
  • ODS 6 - Água limpa e saneamento
  • ODS 9 - Indústria, inovação e infraestrutura
  • ODS 11 - Cidades e comunidades sustentáveis
  • ODS 12 - Consumo e produção responsáveis
  • ODS 14 - Vida debaixo de água
  • ODS 17 - Parcerias para os objetivos

Impressão digital

Explore os tópicos de investigação abordados neste projeto. Estas etiquetas são geradas com base nos prémios/concessões subjacentes. Em conjunto formam uma impressão digital única.