Detalhes do projeto

Description

A Listening Biennial junta artistas que trabalham com vários media e com práticas diversas. Na Bienal apresentam trabalhos que criam um conjunto de experiências sonoras, sem recurso a quaisquer elementos para além do som. A exposição dos trabalhos é apresentada nas instituições e espaços de acolhimento em vários países do mundo, oferecendo diferentes possibilidades de escuta e encorajando o diálogo e a troca cultural. Na 2ª edição, a Bienal será apresentada pela primeira vez em Portugal, com a direção artística e executiva de Luísa Santos.
A edição no seu todo, em Lisboa (Hangar, Antecâmara, Quadrum, Stolen Books), Beirut (Beirut Art Centre), Bergen (Lydgalleriet), Palestina (Radio al Hara), Santiago Chile (Tsonami Festival), Berlim (Errant Bodies), Quebéc (L’École d’art of Université Laval), tem a co-curadoria de Brandon LaBelle (EUA), Guely Morato (Bolivia), Luísa Santos (Portugal), Rayya Badran (Líbano) e Dayang Yraola (Filipinas). A co-curadoria por profissionais com referências disciplinares, culturais e geográficas diversas permite uma discussão construtiva sobre várias problemáticas, trabalhando tanto ao nível local, de situações específicas (como a perda de dialectos), como de assuntos com alcance global (como a crise climática). A Bienal apresenta o mesmo conjunto de trabalhos em todos os países em simultâneo, de 6.07 a 06.08.2023.
Todos os trabalhos são partilháveis enquanto ficheiros exclusivamente de audio estando disponíveis em cada espaço numa de 3 maneiras: em sessões contínuas, c/ espaço p/ estar / sentar (listening spaces); em sessões contínuas c/ 2 a 3 dias dedicados a conversas p/ públicos locais (listening spaces + listening sessions); em 2 a 3 dias dedicados a conversas seguidos de workshops para públicos locais (listening sessions + listening practices). O director artístico em cada país de apresentação da Bienal encarrega-se das parcerias para entidades de acolhimento e dos formatos a adoptar em cada espaço devendo mostrar sempre o mesmo conjunto de trabalhos pré-selecionado por toda a equipa curatorial.
Em Lisboa, a Bienal será mostrada em instalação (colunas suspensas c/ áreas p/sentar - listening spaces) na Galeria Quadrum e na Antecâmara; em 2 listening sessions no HANGAR (c/ LANDRA) e na Stolen Books (c/ Brandon LaBelle); e um workshop no HANGAR, para crianças, a partir da escuta de obras da Bienal
EstadoTerminado
Data de início/fim efetiva1/02/2331/08/23

Impressão digital

Explore os tópicos de investigação abordados neste projeto. Estas etiquetas são geradas com base nos prémios/concessões subjacentes. Em conjunto formam uma impressão digital única.