#055. Avaliação tridimensional da posição do buraco mentoniano

Joana Filipa Cardoso Mendes, Bruno Leitão de Almeida, Miguel Silva Pereira, Tiago Ferreira Borges

Resultado de pesquisarevisão de pares

14 Transferências (Pure)

Resumo

Objetivos: Identificação e caracterização da posição do buraco mentoniano. Materiais e métodos: Utilizando uma amostra de conveniência, foram efetuadas medições no programa Galilleos ViewerTM de tomografias computorizadas de feixe cónico, avaliando o buraco mentoniano no que respeita à sua distância em relação à sínfise mandibular. Resultados: Foram analisadas 42 tomografias, de indivíduos não edêntulos, de uma amostra constituída por 25 elementos do sexo feminino e 17 do sexo masculino, com média de idade de 40,9‐16,7 anos. Verifica‐se que o buraco mentoniano distancia‐se da linha média 24 mm, 2,02 mm. Conclusões: O buraco mentoniano foi identificado e visualizado com sucesso em toda a amostra. O resultado obtido é um importante recurso nos casos onde não existam marcos anatómicos clássicos para a localização do buraco mentoniano, como são os casos dos desdentados totais.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)22-22
Número de páginas1
RevistaRevista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Volume57
Número de emissãoS1
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 dez. 2016
EventoXXXVI Congresso Anual da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária -
Duração: 7 out. 20168 out. 2016

Citação