#055. Avaliação tridimensional da posição do buraco mentoniano

Joana Filipa Cardoso Mendes, Bruno Leitão de Almeida, Miguel Silva Pereira, Tiago Ferreira Borges

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Objetivos: Identificação e caracterização da posição do buraco mentoniano. Materiais e métodos: Utilizando uma amostra de conveniência, foram efetuadas medições no programa Galilleos ViewerTM de tomografias computorizadas de feixe cónico, avaliando o buraco mentoniano no que respeita à sua distância em relação à sínfise mandibular. Resultados: Foram analisadas 42 tomografias, de indivíduos não edêntulos, de uma amostra constituída por 25 elementos do sexo feminino e 17 do sexo masculino, com média de idade de 40,9‐16,7 anos. Verifica‐se que o buraco mentoniano distancia‐se da linha média 24 mm, 2,02 mm. Conclusões: O buraco mentoniano foi identificado e visualizado com sucesso em toda a amostra. O resultado obtido é um importante recurso nos casos onde não existam marcos anatómicos clássicos para a localização do buraco mentoniano, como são os casos dos desdentados totais.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)22-22
Número de páginas1
RevistaRevista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Volume57
Número de emissãoS1
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 dez 2016
EventoXXXVI Congresso Anual da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária -
Duração: 7 out 20168 out 2016

Citação