#109 Avaliação da rugosidade e cor de pastas com carvão vs. outras pastas sobre resina composta

Carlos Ferreira de Almeida, Elisa Mariana Ferreira Carreiro, Carlos Fernandes, André Correia, Miguel Agostinho Cardoso

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Objetivos: Avaliar se a escovagem com dentífrico com carvão ativado conduz a mudanças significativas na cor e rugosidade da superfície da resina composta face a outras pastas. Comparar as mudanças ao nível da resina composta com diferentes tipos de pastas com carvão ativado. Materiais e métodos: Foram confecionados 84 discos de resina Amaris O1 (Voco, Alemanha) com 10 mm de diâmetro por 2 mm de altura. À posteriori foram divididos em seis grupos de estudo (n = 14): Grupo 1? Controlo (Saliva Artificial), Grupo 2? Escovagem com pasta dentífrica convencional (Colgate Total), Grupo 3? Escovagem com pasta dentífrica branqueadora (Colgate Max White), Grupo 4? Escovagem com pasta dentífrica com carvão ativado não branqueadora (Colgate Total Charcoal), Grupo 5? Escovagem com pasta dentífrica de carvão ativado regulamentada (Curaprox Black is White) e Grupo 6? Escovagem com pasta dentífrica de carvão ativado não regulamentada (Zebra Teeth Whitening, China). Desta forma, a cor e a rugosidade de cada disco foram avaliadas em quatro momentos utilizando um espectrofotómetro (VITA Easyshade Compact) e um perfilómetro de contacto Hommelwerke um Plint TE 66, respetivamente: inicial; duas semanas e depois de um e três meses. Toda a escovagem foi realizada de acordo com a norma ISO 11609 – 2017, utilizando uma escova elétrica (Oral? B Pro 3000, Braun). A análise dos dados foi realizada com recurso ao programa de análise estatística SPSS® v.25. Para todos os testes usou? se estatisticamente p≤0,05. Resultados: Globalmente, no que diz respeito à rugosidade, a variável Rvk e a que apresenta o maior aumento global também do desvio padrão. A maior variação do valor é registada ao fim de 3 meses, principalmente nas variáveis Rz e Rvk. O grupo que apresenta maior variação de rugosidade corresponde à pasta grupo 5, seguida dos grupos 6 e 4. No que concerne à cor, é passível de se observar uma maior variação global de cor ao nível dos dentífricos com carvão principalmente com especial destaque no grupo 6, que se apresenta estatisticamente diferente de todos os outros. Conclusões: A escovagem diária, independentemente do dentífrico ou não, promove o aumento da rugosidade superficial. No nosso estudo, o dentífrico com carvão ativado não regulamentado apresenta rugosidade e capacidade de alteração de cor agravadas. Estudos futuros devem ser realizados.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)45-46
Número de páginas2
RevistaRevista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Volume60
Número de emissãoS1
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 18 dez 2019
EventoXXXIX Congresso Anual da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária - Porto
Duração: 18 out 201919 out 2019

Citação