25 anos da regulação na enfermagem: 96 perfis e trajetórias assinaláveis

Carlos Subtil, Amélia Simões Figueiredo, Amélia Ferreira, Elisa Maria Bernardo Garcia, Jorge Salvdor Almeida, Manuel Chaves, Lucília Nunes, Ana Maria Barros Pires

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Na passagem do 25º aniversário da publicação do Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros (REPE), a Sociedade Portuguesa de História da Enfermagem (SPHE) tomou a iniciativa de assinalar a efeméride de um processo que, no rigor do facto histórico, remonta ao ano de 1925, ano em que surgem, publicamente e em revistas profissionais, as primeiras reivindicações dos enfermeiros para que a profissão fosse regulada, sob a forma de apelo aos responsáveis políticos. Apresentam-se 95 autobiografias, para que a nonagésima sexta represente adicionalmente qualquer um dos inúmeros enfermeiros que participaram neste longo processo de regulação e desenvolvimento da profissão, particularmente a partir do final dos anos 30, período no qual se verificaram importantes e intensas mudanças no exercício das profissões da área da saúde, nomeadamente na enfermagem. Trata-se de apresentar perfis e autobiografias reflexivas enquanto testemunhos na primeira pessoa, no pressuposto de que a história se pode registar a partir do relato de vivências individuais significativas que, numa perspetiva coletiva, espelham processos e etapas igualmente significativas para a profissão, com expressão no último quartel do século XX e primeiras décadas do século XXI.
Idioma originalPortuguese
Local da publicaçãoPorto
EditoraSociedade Portuguesa de História da Enfermagem
Número de páginas456
ISBN (impresso)9789893323502
Estado da publicaçãoPublished - 4 out 2021

Citação