A contra-urbanização: paisagem e humanidade

António Calheiros, Eduardo Jorge Duque

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

A contraurbanização é hoje uma realidade incontornável, prolixa e caracterizada por dinâmicas estruturantes de dimensão diversa. Este fenómeno, designado na linguagem anglosaxónica por population turnaround, consiste no declínio demográfico e industrial das áreas urbanas centrais em detrimento da revitalização populacional e industrial de espaços rurais do mundo desenvolvido. Por isso mesmo, como acabamos de afirmar, trata-se de um fenómeno prolixo, não generalizado, que coincide com o declínio das cidades industriais e define um novo marco de urbanização do espaço rural e/ou crescimento das periferias, contrariando os processos de urbanização e reurbanização, que transformaram as cidades em pólos aglutinadores de recursos. Surge como uma reacção à degradação física e social das cidades centrais, potenciada pelo rápido desenvolvimento tecnológico, com incidências directas ao nível das vias de comunicação, e o declínio das indústrias tradicionais, factores geradores de uma urbanização dispersa e difusa. Por isso, contrariamente à suburbanização, a
contraurbanização marca uma ruptura simbólica com a cidade, iniciando-se com ela uma nova fase de produção do espaço e de relações. Assume particular relevância no contexto actual, onde se sente cada vez mais a necessidade de um desenvolvimento local que se quer homogéneo, integrado e sustentável.
Neste sentido, porque tem a particularidade de descongestionar as cidades e revitalizar os espaços rurais, a contraurbanização afigura-se como um factor que pode contribuir para o desenvolvimento equilibrado das regiões e, por isso mesmo, passível de ser planificado. Decidimos abordar esta temática a partir de uma metodologia tripartida: noção e enquadramento histórico do fenómeno da
contraurbanização; a cidade e as suas metamorfoses ao longo do tempo e, por último, os fundamentos teóricos da contraurbanização.
Idioma originalPortuguese
Título da publicação do anfitriãoActas do VII Congresso Português de Sociologia, Sociedade, Crise e Reconfigurações
EditoraAssociaçao Portuguesa de Sociologia (APS)
Número de páginas13
ISBN (impresso)9789899798106
Estado da publicaçãoPublicado - 2012
EventoVII Congresso Português de Sociologia, Sociedade, Crise e Reconfigurações - Universidade do Porto, Porto
Duração: 19 jun 201222 jun 2012
Número de conferência: 7

Conferência

ConferênciaVII Congresso Português de Sociologia, Sociedade, Crise e Reconfigurações
País/TerritórioPortugal
CidadePorto
Período19/06/1222/06/12

Keywords

  • Contra-urbanização
  • Industrialização
  • Metamorfose das Cidades
  • Desenvolvimento Sustentável

Citação