A influência da cultura organizacional e da comunicação interna no engagement dos colaboradores: estudo de caso: Banco de Portugal

Resultado de pesquisa

Resumo

Num meio envolvente cada vez mais competitivo e imprevisível, as organizações procuram potenciar e otimizar os processos que lhes permitam a diferenciação e o alcance de vantagens competitivas. Para que isso seja possível, é fundamental que se preocupem com as dinâmicas organizacionais, nomeadamente com a relação estabelecida com os seus colaboradores. Neste sentido, o conceito de engagement tem vindo a ser alvo de estudo pois as suas particularidades podem conduzir a resultados organizacionais bastante positivos, devido aos comportamentos que os colaboradores exibem. Assim, de forma a conhecer-se os níveis de engagement dos colaboradores e providenciar a organização de meios para a sua estimulação, pretendeu-se estudar o impacto que a cultura organizacional e a comunicação interna exercem sobre esta variável. Esta investigação centrou-se, portanto, no contexto organizacional específico do Banco de Portugal e, através da aplicação de um inquérito por questionário, foi possível confirmar que a cultura organizacional e a comunicação interna presentes nesta instituição, influenciam positivamente os níveis de engagement dos seus colaboradores. Adicionalmente, averiguou-se também que os colaboradores se reveem nos conteúdos disponibilizados na BdP INTRANET, no entanto, procuram e desejam algo mais, verificando-se que as Redes Sociais Corporativas não são o caminho ideal a percorrer pela organização, neste momento.
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Faculdade de Ciências Humanas
Supervisores/Consultores
  • Brandão, Nuno Goulart, Supervisor
Data do prémio25 jun 2019
Estado da publicaçãoPublished - 25 jul 2019

Keywords

  • Intranet
  • Cultura organizacional
  • Comunicação interna
  • Engagement

Citação