A leitura em crianças prematuras com perturbações neuromotoras

Iolanda Campos-Gil, Maria Vânia Nunes

Resultado de pesquisarevisão de pares

7 Transferências (Pure)

Resumo

Este trabalho visa avaliar em simultâneo os perfis do processamento visual e fonológico na leitura, em crianças nascidas prematuras com perturbação neuromotora ligeira e moderada. A tarefa de leitura será realizada com o teste da leitura em Português Europeu- ALEPE, para avaliação do processamento visual na leitura realizar-se-á o registo simultâneo do seguimento ocular (eye-tracking), e para avaliação do processamento fonológico será considerada a análise da voz gravada na ALEPE. Estão já constituídos três grupos. Um grupo experimental de 25 prematuros com perturbação neuromotora ligeira e moderada (de acordo com Sistema de Classificação da Função Motora Global SCFMG), um grupo de 25 crianças com idêntica perturbação neuromotora nascidas de termo e um grupo com 32 crianças tipicamente desenvolvidas com idades entre os 7 e 10 anos. Todas as crianças incluídas têm um QI igual ou superior a 70. Todos os participantes serão submetidos à tarefa de leitura com computador e sistema eye-tracking que decorre numa única sessão no final do ano letivo. Para melhor caracterização dos grupos, todos serão avaliados em duas sessões precedentes em termos do desenvolvimento cognitivo relacionado com o processamento visuopercetivo (perceção visuo-espacial, memória visual com Teste de atenção visual, WISC III, Índice percetivo e Figura complexa de Rey) e com o desenvolvimento da Linguagem (incluindo o processamento fonológico, avaliação com índice verbal da WISC III e Desenvolvimento da linguagem Gol-E). Para melhor caracterização serão também considerados os dados das ressonâncias magnéticas. A nossa expectativa é a de encontrar perfis específicos em cada grupo na atividade de leitura ao nível da atenção visual, seguimento e fixação visual e processamento fonológico, estando associados a cada perfil perturbações específicas do neurodesenvolvimento a nível visuopercetivo e fonológico. O estudo encontra-se a decorrer, estando já os grupos constituídos com as avaliações do desenvolvimento visuopercetivo e da linguagem realizadas. A avaliação da leitura realiza-se no final do ano letivo, estando condicionada pelo calendário escolar, tendo já sido reunidas todas as autorizações necessárias. Os resultados preliminares estarão compilados em Junho e os finais serão apresentados em Setembro. Pretende-se que os perfis encontrados na atividade de leitura possam contribuir para o desenvolvimento de estratégias específicas por parte dos profissionais na abordagem do ensino destas crianças com NEE.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)74-79
Número de páginas7
RevistaRevista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación
Número de emissão11
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 11 dez. 2015
EventoXIII Congreso Internacional Galego-Portugués de Psicopedagoxia - Universidad da Coruña
Duração: 1 jan. 20151 jan. 2015

Keywords

  • Leitura
  • Processamento visual e fonológico
  • Pré-termo
  • Idade escolar

Citação