Pandemic in the secular age: religious freedom in Portugal at the beginning of the COVID-19

Título traduzido da contribuição: A pandemia na era secular: liberdade religiosa em Portugal nos inícios do surto da COVID-19

Resultado de pesquisa

Resumo

Este trabalho analisa o impacto das restrições à liberdade religiosa, provocadas pelo estado de emergência sanitária, ligado à pandemia da COVID-19, durante o primeiro período de confinamento em Portugal. Ao partir do marco teórico da era secular e secularidade, esta investigação permite interpretar, através de uma análise qualitativa, hipotético-dedutiva, o lugar da religião em sociedades marcadas por culturas de secularidade. Conclui-se que a normalização da subordinação de valores e práticas religiosas aos da esfera política, evidenciada pela hierarquização de atividades essenciais e não-essenciais, e a sua promoção através da auto-secularidade esvaziam a presença da religião no espaço público e ajudam no avanço de uma cultura de secularidade.
Título traduzido da contribuiçãoA pandemia na era secular: liberdade religiosa em Portugal nos inícios do surto da COVID-19
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)277-302
Número de páginas26
RevistaRevista Angolana de Ciências
Volume3
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 2021
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Secular
  • Secularidade
  • Liberdade religiosa
  • COVID-19
  • Portugal

Citação