A presença do trágico na Teodiceia de Leibniz: a predestinação da salvação eterna e a destinação da condenação eterna

Resultado de pesquisarevisão de pares

8 Transferências (Pure)

Resumo

Leibniz procura conciliar a liberdade da lei divina e da ordem cósmica com a liberdade da ação humana, afirmando que todos os acontecimentos bons e maus concorrem para a consumação do plano de Deus para a Criação. A trágica imperfeição das partes, que se manifesta na miséria das más ações, converte-se na perfeição do todo, por ação da providência divina. O mal e o sofrimento destinados pela vontade consequente de Deus, que resulta do concurso de todas as vontades particulares, são meios para um bem maior, predestinado pela vontade antecedente de Deus. Todos estão predestinados à salvação eterna e muitos estão destinados à condenação eterna.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)39-58
RevistaPhilosophica
Volume43
Estado da publicaçãoPublicado - 15 abr. 2014

Keywords

  • Tragédia
  • Predestinação
  • Destinação
  • Vontade antecedente
  • Vontade final

Citação