A relevância profética do olhar apocalíptico sobre a história

José Carlos Carvalho*

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Transferências (Pure)

Resumo

A apocalíptica não deixa nunca de ler os sinais dos tempos na história por eles assinalados e construída, chamada a reconstruir uma outra configuração do mundo. Neste sentido, ela subsume a profecia e adquire uma relevância profética, pois instaura uma crítica ao entreabrir um sentido outro, ao desvelar um outro sentido, ao apo-calipticizar um outro horizonte. Este é o olhar permanente da fé na medida em que a fé constitui uma apocalíptica de si de sentido, em si mesma é sempre uma apocalíptica, um desvelamento “da fé à fé” (Rom 1,17). Não admira, portanto, que este processo comece (ou continue) nas origens da experiência cristã, pelo que podemos falar num contexto apocalíptico como contexto do Novo Testamento quer da própria experiência de Jesus quer da transmissão dessa experiência. Isto faz da fé uma fé apocalíptica, uma revelação da fé a si mesma e ao mundo, o que instaura um olhar crítico sobre a fé e da fé. A fé é apocalíptica no sentido em que é um desvelamento teologal, e um desvelamento das razões da fé, ou seja, assim nasce a teologia.
Título traduzido da contribuiçãoThe profetic relevance of the apocalyptic vision of the history
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)221-235
Número de páginas23
RevistaCauriensia
Volume10
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 1 jan 2015

Keywords

  • Apocalíptica
  • Desvelamento
  • Teologia
  • História
  • Profecia
  • Crítica

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “A relevância profética do olhar apocalíptico sobre a história“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação