Abordagens preferenciais ao ensino: um estudo com professores do curso de enfermagem

Resultado de pesquisarevisão de pares

9 Transferências (Pure)

Resumo

A adoção de abordagens ao ensino focadas no estudante promove o envolvimento, pensamento crítico e reflexivo dos estudantes do ensino superior. Objetivos: Conhecer o perfil sociodemográfico e profissional dos professores de Enfermagem; identificar as Abordagens Preferenciais ao Ensino no âmbito das Unidades Curriculares Enfermagem, nos quatro anos de formação; identificar diferenças nas intenrespostas ao Inventário sobre Abordagens ao Ensino em função da caracterização sociodemográfica e profissional docentes. Metodologia: Utilizou-se o Inventário sobre Abordagens ao Ensino, versão portuguesa, e o Questionário de caracterização sociodemográfica e profissional. Resultados: Verifica-se uma predominância do género feminino e idade entre 51 e 60 anos. A maioria dos professores possui como abordagem preferencial ao ensino a que visa alcançar Mudança Conceptual Focada no Estudante, destacando-se os de idade inferior a 50 anos. Paralelamente, os professores que lecionam aulas Teórico-práticas são os que menos se aproximam das abordagens ao ensino do tipo Transmissão de Informação Focadas no Professor, relativamente àqueles que não as lecionam.
Título traduzido da contribuiçãoPreferential approaches to teaching: a study with teachers of the nursing course
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)23-29
RevistaServir
Volume60
Número de emissão1-2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - dez 2019

Keywords

  • Abordagens ao ensino
  • Estudante
  • Professor
  • Enfermagem

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Abordagens preferenciais ao ensino: um estudo com professores do curso de enfermagem“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação