E pudesse eu pagar de outra forma: o uso de uma moeda local como instrumento mobilizador de práticas de reciclagem e de dinamização do comércio local em Campolide

Sandra Lima Coelho*

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Transferências (Pure)

Resumo

Neste artigo apresenta-se o modus operandi do “Pago em Lixo”, projeto criado pela Junta de Freguesia de Campolide (JFC), em Lisboa, que implementou uma moeda local, o Lixo, com o objetivo de envolver a comunidade na separação de resíduos, e analisam-se as motivações que estão na sua génese. Os dados recolhidos numa entrevista semidiretiva ao presidente da JFC evidenciam que a motivação principal da JFC é de ordem económica: robustecer o comércio e a economia local e reduzir os encargos financeiros no que concerne à limpeza das ruas, mas também fomentar nos moradores a adoção de comportamentos de maior consciência cívica, o que reflete uma moralidade ersatz.
Título traduzido da contribuiçãoAnd could I pay another way: the use of a local currency as a tool to mobilize recycling practices and boost local commerce in Campolide.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)760-781
Número de páginas22
RevistaAnálise Social
Volume54
Número de emissão233
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 2019

Keywords

  • Moeda local
  • Participação
  • Racionalidade económica
  • Moralidade ersatz

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “E pudesse eu pagar de outra forma: o uso de uma moeda local como instrumento mobilizador de práticas de reciclagem e de dinamização do comércio local em Campolide“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação