Andam faunos pelos bosques: erudição clássica num "faceto discorrer" sobre o "génio da espécie"

Resultado de pesquisarevisão de pares

12 Transferências (Pure)

Resumo

Andam faunos pelos bosques destaca-se na produção literária de Aquilino Ribeiro pela sugestão do fantástico, registada logo no título, e pela quantidade e variedade de manifestações do mundo greco-latino, pagão e cristão. O recurso aos faunos/Fauno enquadra-se na representação simbólica da força disruptiva do “génio da espécie”, que Aquilino introduz na sua Beira Alta natal de modo a problematizar o “debate entre sensualidade e espiritualidade”. O alegado Fauno, seguido por grupos de discípulas em busca de uma nova ordem moral e religiosa, e perseguido por detractores moralistas e despeitados, também ocasiona um aceso debate eclesiástico sobre a sua existência e pertença a Deus ou ao Diabo. Esta discussão propicia o recurso insistente a um substrato cultural que mistura a teologia com a erudição greco-latina profana, sublinhando equívocos e intolerâncias milenares. A convergência da herança cultural pagã e cristã acaba assim por ser um tópico crucial na tentativa aquiliniana de conciliar Eros e Cristo, conferindo à obra em análise uma notável riqueza e coerência.
Título traduzido da contribuiçãoAndam faunos pelos bosques: classical knowledge reflected on the “witty comments” regarding the “genius of the species”
Idioma originalPortuguese
Título da publicação do anfitriãoMiscelânea de Estudos em Honra de Maria de Fátima Sousa e Silva
EditoresFrederico Lourenço, Susana Marques
Local da publicaçãoCoimbra
EditoraImprensa da Universidade de Coimbra
Páginas217-248
Número de páginas32
Volume2
ISBN (impresso)9879892621449
Estado da publicaçãoPublicado - 2021

Keywords

  • Aquilino Ribeiro
  • Eros e Cristo
  • Faunos
  • Beira Alta
  • Clero
  • Herança greco-latina

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Andam faunos pelos bosques: erudição clássica num "faceto discorrer" sobre o "génio da espécie"“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação