Ansiedade, depressão e stresse: um estudo com jovens adultos e adultos portugueses

Joana Carneiro Pinto, Patricia Martins, Teresa Brum Pinheiro, Ana Cardoso Oliveira

Resultado de pesquisarevisão de pares

25 Transferências (Pure)

Resumo

A nível europeu, Portugal é um dos países com maior prevalência de perturbações mentais, destacando-se as perturbações de ansiedade e as perturbações de humor (Wang et al., 2011). Diversas investigações têm reforçado a forte relação entre as perturbações de ansiedade e as respostas de stresse, bem como uma forte comorbilidade entre as perturbações de ansiedade e a depressão (e.g., Pais-Ribeiro, Honrado & Leal, 2004). Neste sentido, face aos vários fatores que podem contribuir para o desenvolvimento destas perturbações, bem como as suas consequências no bem-estar e qualidade de vida das pessoas, torna-se pertinente estudar estes sintomas emocionais através de instrumentos adequados à população portuguesa. Este estudo avalia as qualidades psicométricas da Escala de Ansiedade, Depressão e Stress (EADS-21; Pais-Ribeiro, Honrado, & Leal, 2004), e analisa diferenças nestes sintomas emocionais considerando variáveis sociodemográficas. Participaram 280 jovens adultos e adultos portugueses (M = 37,34 anos; DP = 11,46), tendo-lhes sido administrado o EADS-21, um instrumento de autorrelato constituído por 21 itens que incidem sobre a identificação de sintomas emocionais vivenciados na última semana. A análise de fiabilidade indicou valores de consistência interna de 0,831 para a ansiedade, 0,886 para a depressão e 0,859 para o stresse. A adequação do modelo foi avaliada através da análise fatorial confirmatória, sendo comprovada a sua qualidade no ajustamento aos dados empíricos (X2/df = 1,853, CFI = 0,942, GFI = 0,896, RMSEA = 0,055). Registaram-se diferenças estatisticamente significativas nos níveis de ansiedade, depressão e stresse em função do sexo, idade, formação académica, e satisfação com a vida. Retiram-se implicações para o aprofundamento desta linha de investigação.
Título traduzido da contribuiçãoAnxiety, depression and stress: a study of Portuguese adults
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)148-163
Número de páginas16
RevistaPsicologia, Saúde e Doenças
Volume16
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - set. 2015

Keywords

  • Ansiedade
  • Depressão
  • Stresse
  • Adultos portugueses

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Ansiedade, depressão e stresse: um estudo com jovens adultos e adultos portugueses“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação