As representações de imagens grafo-táteis para o aluno cego no contexto educativo inclusivo

Alice Liberto, Célia Ribeiro, Cristina Simões

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Na tentativa de se encontrarem algumas respostas para as necessidades decorrentes da nossa prática educativa com alunos cegos, este estudo, de caráter exploratório, teve como principal objetivo conhecer as perceções e a importância que os alunos cegos e os professores de educação especial (EE) atribuem às representações de imagens grafo-táteis. Pretendeu, igualmente, perceber a pertinência da sua utilização no contexto educativo atual de inclusão. Com base na observação de seis alunos com cegueira (congénita e adquirida), na identificação de imagens em relevo e no resultado de entrevistas efetuadas a seis professores de EE, foi possível concluir que a representação grafo-tátil é importante e pertinente para o aluno cego no contexto educativo inclusivo. Contudo, há ainda um longo caminho a percorrer na construção e utilização de materiais/imagens em relevo para motivar a aprendizagem e promover um ambiente facilitador da inclusão
Título traduzido da contribuiçãoThe representations of graph-tactile images to the blind student in inclusive educational context
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)9-26
Número de páginas18
RevistaRevista de Educação Especial
Volume30
Número de emissão57
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 11 abr 2017

Keywords

  • Cegueira
  • Inclusão
  • Representação grafo-tátil

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “As representações de imagens grafo-táteis para o aluno cego no contexto educativo inclusivo“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação