Autobiografia e autorretrato em Adília Lopes: “reduzir ao absurdo"

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Transferências (Pure)

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre certos aspetos da escrita autobiográfica e autorretratística a partir da leitura dos poemas “Autobiografia sumária de Adília Lopes” e “Self-portrait” de Adília Lopes. A par da análise destes textos poéticos, discutem-se sobretudo formulações de Philippe Lejeune, Georges Gusdorf e Michel Beaujour, dialogando com alguma bibliografia sobre a obra adiliana. Sugere-se que a poesia de Adília Lopes desafia os postulados autobiográficos, ainda que não os rejeite, num trabalho persistente de “[r]eduzir ao absurdo”.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)67-86
Número de páginas20
RevistaELyra: Revista da Rede Internacional Lyracompoetics
Número de emissão14
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 22 dez 2019

Keywords

  • Autobiografia
  • Autorretrato
  • Poesia
  • Poema
  • Adília Lopes

Citação