Avaliação de propagandas de alimentos com alegação funcional disponibilizadas em sites brasileiros

Francisco Lopes da Silva Filho, Tainara Melo Lira, Lara Polyana Silva Ramos, Nicolle Luz Martins Rocha, Jôslanne Dos Santos Soares, Mateus Flóro da Silva Costa, Alessandra Braga Ribeiro

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Alimentos com alegação funcional ou de saúde fazem parte de uma nova concepção de alimentos, atraindo a atenção de consumidores assim como do comércio eletrônico brasileiro. Como estratégia de marketing, alguns sites de venda reproduzem falsas alegações, distanciando-se das alegações estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Este trabalho teve como objetivo avaliar anúncios de alimentos funcionais divulgados em sites de vendas brasileiros e sua conformidade com as legislações brasileiras referentes à rotulagem e alegações estabelecidas pela ANVISA. Coletaram-se dados de 117 propagandas de produtos comercializados em 64 sites de vendas online brasileiros no período março a junho de 2017. 24% das propagandas mostraram-se consonantes com as alegações estabelecidas pela ANVISA, enquanto 76% apresentaram um ou mais tipos de inconformidade. 80% não apresentaram advertências exigidas para requisitos específicos e 49,7% não dispunha de tabela nutricional. Tal perfil de anúncios demonstra uma necessidade de monitoramento efetivo dos veículos de comercialização.
Título traduzido da contribuição Evaluation of food advertisements with functional allegations available on brazilian sites
Idioma originalPortuguese
RevistaSaúde (Santa Maria)
Volume44
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 25 ago. 2018
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Alimentos funcionais
  • ANVISA
  • Propaganda
  • Comércio eletrônico

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Avaliação de propagandas de alimentos com alegação funcional disponibilizadas em sites brasileiros“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação