CHECK!NG: a última fronteira para a redução de riscos em contextos festivos

Daniel Martins, Helena Valente, Cristiana Pires

Resultado de pesquisarevisão de pares

12 Citações (Scopus)

Resumo

No contexto atual de proliferação de novas substâncias psicoativas (NSP) e de adulteração de substâncias psicoativas que circulam no mercado negro o Drug Checking é aqui encarado como uma estratégia major de redução de riscos e minimização de danos (RRMD). É um serviço que se tem vindo a afirmar como uma necessidade em termos de saúde pública, através da monitorização informal de mercados informais de substâncias psicoativas e emitindo alertas sempre que se identificam substâncias potencialmente tóxicas. É também uma boa prática na mediação da comunicação entre o técnico de RRMD e o utilizador de substâncias psicoativas, fornecendo informação objetiva sobre a substância que o utilizador disponibilizou para análise e produzindo e disseminando informação sobre os padrões de adulteração locais. Através da apresentação de práticas e resultados referentes à intervenção do projeto CHECK!NG, pretende-se neste artigo levantar pistas para uma reflexão sobre a pertinência e as particularidades de um serviço de Drug Checking em contexto festivos.
Título traduzido da contribuiçãoCheck!ng: The last frontier for Harm Reduction in party settings
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)646-660
Número de páginas15
RevistaSaude e Sociedade
Volume24
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 22 jun. 2015
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Redução de riscos
  • Minimização de danos
  • Análise de substâncias
  • Substâncias psicoativas
  • Contextos festivos
  • Intervenção de proximidade

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “CHECK!NG: a última fronteira para a redução de riscos em contextos festivos“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação