'Colporteurs' and 'biblewomen': models of male and female action in the establishment of the Bible Society in Portugal (1804-1930)

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Ao longo do séc. XIX, a predominância quase absoluta do género masculino entre os trabalhadores da Sociedade Bíblica em Portugal foi pontuada pela colaboração de mulheres que, episodicamente e com graus de formalidade diferenciados, desempenharam funções no âmbito da atividade de circulação bíblica, dando eco daquilo que era a prática da instituição materna – a British and Foreign Bible Society (BFBS). Não sendo isenta de debate, a participação feminina na atividade da BFBS foi sendo promovida e consolidada ao longo do século XIX, tanto ao nível doméstico, onde a expressão mais evidente dessa colaboração foi a multiplicação das Ladies’ Bible Societies; como internacionalmente, onde se recolheram numerosos contributos de mulheres no contexto do trabalho de difusão bíblica. Em Portugal, onde foram os «colporteurs» os dinamizadores do sistema de venda ambulante de Bíblias montado a partir dos anos 60, existiriam também mulheres, as chamadas «Biblewomen», a participar do trabalho da divulgação bíblica. Sendo reveladora, aquela designação definia desde logo uma diferença de fundo entre uns e outros: não era a comercialização de livros que definia a função daquelas mulheres, mas antes o facto de serem «mulheres da Bíblia». O fator militante, que foi sendo lentamente integrada nas funções dos colportores, era pré-requisito básico no caso das «Biblewomen».
Idioma originalEnglish
Título da publicação do anfitriãoReligião e masculinidades
Subtítulo da publicação do anfitriãomodelos, práticas e transgressões
Estado da publicaçãoSubmetido - 2021

Keywords

  • Bíblia
  • Género
  • Colporto
  • Mulher da bíblia
  • Sociedade bíblica

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “'Colporteurs' and 'biblewomen': models of male and female action in the establishment of the Bible Society in Portugal (1804-1930)“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação