Conservation of archaeological copper alloy artifacts from Al Ain National Museum collection: the role of desalination

Título traduzido da contribuição: Conservação-restauração das coleções arqueológicas em liga de cobre do Museu Nacional de Al Ain: a importância da dessalinização

Diego Lois, Eduarda Vieira, Eleonora Bosetto

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Citação (Scopus)
17 Transferências (Pure)

Resumo

O Museu Nacional de Al Ain localiza-se na cidade de Al Ain, nos Emiratos Árabes Unidos. Este museu preserva uma importante coleção de objetos arqueológicos neolíticos em liga de cobre provenientes de jazidas localizadas na periferia da mesma cidade. Durante o processo de conservação e restauro das peças foi detetada a presença de iões cloreto na maioria dos objetos oriundos de ecossistemas áridos da zona costeira onde foram encontrados.Este artigo reforça a importância dos procedimentos de dessalinização realizados durante o projeto por se revelarem fundamentais para se alcançar a estabilização dos objetose assim uma preservação mais duradoura dos mesmos. O processo conhecido por B70 foi eficaz apesar de não eliminar a totalidade dos sais dos objetos, o que exige um controlo dos parâmetros ambientais para se assegurar a salvaguarda das coleções.
Título traduzido da contribuiçãoConservação-restauração das coleções arqueológicas em liga de cobre do Museu Nacional de Al Ain: a importância da dessalinização
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)18-32
Número de páginas15
RevistaGe-conservación
Volume17
Número de emissão17
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 25 jun. 2020

Keywords

  • Liga de cobre
  • Estabilização
  • Cloretos
  • Camada passivante
  • Intervenção mínima

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Conservação-restauração das coleções arqueológicas em liga de cobre do Museu Nacional de Al Ain: a importância da dessalinização“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação