Construção da carreira: o papel da perceção dos filhos acerca dos estilos educativos parentais na exploração vocacional

Liliana Costa Faria*, Joana Carneiro Pinto, Matilde Vieira

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

3 Citações (Scopus)
11 Transferências (Pure)

Resumo

Este trabalho analisa os estilos educativos parentais percebidos pelos jovens e os seus níveis de exploração vocacional, atendendo aos referenciais conceptuais da teoria da construção da carreira e à investigação prévia sobre a relação entre a influência parental e o desenvolvimento vocacional. Participam 296 estudantes portugueses, 109 (36,82%) do sexo feminino e 187 (63,18%) do sexo masculino, com uma idade média de 17,03 anos (DP = 1,45; Min = 14; Max = 23), que preencheram a Escala de Exploração Vocacional e o Questionário de Estilos Educativos Parentais. Verificaram-se diferenças na percepção do estilo educativo parental e na exploração vocacional em função de variáveis sociodemográficas, e uma associação positiva significativa entre a exigência e as crenças e os comportamentos de exploração vocacional. Discutem-se implicações acerca da participação parental na construção de carreira.
Título traduzido da contribuiçãoCareer construction: the role of children's perception about parental educational styles in vocational exploration
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)194-203
Número de páginas10
RevistaPsicologia: Reflexão e Crítica
Volume28
Número de emissão1
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2015

Keywords

  • Construção da carreira
  • Exploração vocacional
  • Estilos educativos parentais
  • Jovens

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Construção da carreira: o papel da perceção dos filhos acerca dos estilos educativos parentais na exploração vocacional“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação