Contributos para o estudo da satisfação com o suporte social dos pais das crianças com doença crónica

Goreti Filipa dos Santos Marques, Beatriz Araújo, Luís Octávio Sá

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Introdução: O suporte social percebido pela família assume um papel fundamental nos seus processos cognitivos e emocionais ligados ao bem-estar e à qualidade de vida, em situações de doença crónica. Objetivos: Analisar as qualidades psicométricas da Escala de Satisfação do Suporte Social (ESSS) e a sua adequação a pais de crianças com doença oncológica. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, exploratório e descritivo. Utilizamos um questionário para a caraterização sociodemográfica da amostra e a ESSS. Resultados: A amostra de conveniência é composta por 112 pais de crianças com doença oncológica. Em média é composta por um agregado familiar de 4 elementos e pertence na sua maioria à sub -região de saúde do Porto. A ESSS mostrou uma boa fidelidade em todos os seus domínios, sendo o alfa de Cronbach total de 0,85. Porém é a subescala da satisfação com os amigos/amizade que melhor explica a satisfação do suporte social com uma variância de 0,85. A escala mostrou também que as famílias com maior Apgar (famílias altamente funcionais) são as que apresentam maior satisfação como suporte social, bem como as com um nível socioeconómico muito bom. Conclusões: Podemos assim considerar que a escala é um instrumento válido, fiável e adaptado ao estudo junto de pais de crianças com doença oncológica.
Título traduzido da contribuição Contributions to the study of satisfaction with social support parents of children with chronic disease
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)31-39
Número de páginas9
RevistaCadernos de Saúde
Volume5
Número de emissão1-2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 jan 2012

Keywords

  • Suporte social
  • Família
  • Doença crónica

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Contributos para o estudo da satisfação com o suporte social dos pais das crianças com doença crónica“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação