Creative and innovative: an assay of workers

Título traduzido da contribuição: Criativos e inovadores: caracterização dos trabalhadores

Maria S. Almeida, Sara Ibérico Nogueira, Tiago Jesse Souza Lima

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Uma abordagem contemporânea à investigação sobre a criatividade enfatiza o facto de todas as pessoas, no seu contexto de trabalho, poderem contribuir com ideias criativas em algum domínio. Nesse sentido, o contexto organizacional tem uma influência determinante. O objetivo deste estudo é analisar o impacto do tipo de organização (setor privado versus público), nível de escolaridade, género e idade, na criatividade e inovação percebida, numa amostra de 611 trabalhadores portugueses. Estas variáveis foram operacionalizadas pelo Test for Creative Thinking-Drawing Production (TCT-DP) e pelo Innovativeness Inventory(II). O tipo de organização e nível de educação parecem ser os melhores preditoresda criatividade e da capacidade de inovação, respectivamente. No futuro, pretende-se realizar uma caracterização detalhada das variáveis envolvidas no clima organizacional, pois elas podem explicar, em certa medida, os níveis mais baixos de criatividade dos funcionários públicos
Título traduzido da contribuiçãoCriativos e inovadores: caracterização dos trabalhadores
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)32-54
Número de páginas23
RevistaRevista Sul-Americana de Psicología
Volume7
Número de emissão1
Estado da publicaçãoPublicado - 29 jul 2019
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Criatividade
  • Inovação
  • Organizações

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Criativos e inovadores: caracterização dos trabalhadores“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação