Das complexas necessidades da pessoa em situação crítica à garantia da qualidade e segurança dos cuidados de enfermagem – que caminho?

Isabel Cristina Mascarenhas Rabiais, Joana Rita Silva, João Pedro Afonso Gonçalves, Silvina Maria Moura, Manuela Madureira

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Introdução: As complexas necessidades da pessoa em situação crítica e o consequente desinvestimento na saúde nos últimos anos, com a redução dos recursos humanos, afiguram um indicador negativo na qualidade dos cuidados de enfermagem prestados nas unidades de cuidados intensivos, onde a carga de trabalho dos enfermeiros ultrapassa em larga escala o que é desejável e exposto na literatura como o recomendado, pondo em risco a qualidade e a segurança dos cuidados prestados. Deste modo, urge quantificar o trabalho destes profissionais para adequar dotações de recursos humanos na prestação de cuidados de enfermagem que garantam a qualidade e a segurança da pessoa em situação crítica e seus familiares, que se encontram num momento de grande vulnerabilidade. O objetivo deste estudo pretende determinar qual o instrumento científico que melhor quantifica a carga de trabalho dos enfermeiros em Unidades de Cuidados Intensivos. Método: Revisão integrativa da literatura dos últimos 5 anos nas bases de dados: CINAHL Complete, MEDLINE Complete, Nursing & Allied Health Collection: Comprehensive, eLibrary, Information Science & Technology Abstracts, mobilizando os descritores MeSH “nursing”, “workload” e “intensive care units” conjugados com operador booleano “AND”. São critérios de inclusão estudos em idioma português, inglês e espanhol, que quantifiquem o trabalho de enfermeiros e que respondam à questão de investigação, excluindo-se que se adequem à população pediátrica. Dos 188 artigos encontrados, após análise do título, abstract, aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, foram apenas incluídos 5 artigos que configuram a amostra final deste estudo. Resultados: Estudos comparativos entre diversos instrumentos científicos evidenciam o Nursing Activities Score como o mais adequado à realidade das Unidades de Cuidados Intensivos. Este instrumento científico de gestão, do trabalho dos enfermeiros, permite dotar as horas de cuidados de enfermagem às reais necessidades da pessoa em situação crítica, maximizando a segurança dos cuidados prestados, com um impacto direto na diminuição do risco de infeção, na morbilidade e na mortalidade, mas também promove a satisfação profissional dos enfermeiros, diminuindo o burnout e o absentismo profissional Conclusão: O Nursing Activities Score é o instrumento descrito nos estudos comparativos encontrados que melhor quantifica a carga de trabalho dos enfermeiros em Unidades de Cuidados Intensivos. Recomendações: Aplicar este instrumento científico em contexto de Cuidados Intensivos é preponderante para garantir a qualidade dos cuidados de enfermagem, a segurança da pessoa em situação crítica dos próprios enfermeiros.
Idioma originalPortuguese
Estado da publicaçãoPublicado - jan 2019
EventoI Encontro Internacional e VI Encontro Nacional dos Enfermeiros Especialistas em Enfermagem Médico-Cirúrgica
2019
- Coimbra
Duração: 25 jan 201926 jan 2019

Conferência

ConferênciaI Encontro Internacional e VI Encontro Nacional dos Enfermeiros Especialistas em Enfermagem Médico-Cirúrgica
2019
País/TerritórioPortugal
CidadeCoimbra
Período25/01/1926/01/19

Citação