Deus, história, cosmos

Resultado de pesquisarevisão de pares

2 Transferências (Pure)

Resumo

A partir do tema recorrente em muitos dos novos movimentos religiosos – a figura de Jesus e a sua relação com o cosmos – procura-se reflectir sobre o Cristo cósmico. Quem é o Cristo cósmico? Será diferente do Cristo da Incarnação? Virá substituir o presépio de Belém, a cruz do Gólgota e o túmulo vazio? Jesus Cristo, Deus feito homem ou Deus feito cosmos? O que fazer com um Cristo cósmico? Será Ele o Cristo da era da “religião da saída da religião” (Marcel Gauchet), ou o Cristo da “dessecularização” (Peter Berger)? Uma nova incarnação de Deus? Um novo paradigma? Um desejo cósmico do ser humano? O presente estudo visa reequacionar este questionamento à luz da apresentação e análise crítica de dois estudos, não convergentes, sobre o Cristo cósmico, desenvolvidos por dois pensadores, que marcaram a segunda metade do século XX – o jesuíta francês Teilhard de Chardin e o dominicano americano Matthew Fox.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)79-95
Número de páginas17
RevistaDidaskalia
Volume37
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 1 jun 2007

Citação