Digital disconnection and Portuguese youth: motivations, strategies, and well-being outcomes

Título traduzido da contribuição: Desconexão digital e jovens portugueses: motivações, estratégias e reflexos no bem-estar

Patrícia Dias, Leonor Martinho, Ana Jorge

Resultado de pesquisarevisão de pares

33 Transferências (Pure)

Resumo

À medida que a maioria dos indivíduos se torna utilizador dos média digitais, muitos lutam para encontrar um equilíbrio nesse uso. Este estudo contribui para a pesquisa emergente sobre como as experiências de desconexão digital se refletem no bem-estar (Nguyen et al., 2021; Radtke et al., 2022; Vanden Abeele, 2021), concentrando-se nas motivações e estratégias para se desconectar dos média digitais, bem como nos resultados para o bem-estar. Propusemo-nos compreender os adolescentes que optaram voluntariamente por desligar no período pós-confinamentos, em 2021. O nosso estudo qualitativo incluiu 20 participantes entre os 15 e os 18 anos em Portugal. Entre aqueles que optaram conscientemente por se desconectar dos média digitais, as motivações surgiram da perceção de que esses meios não traziam benefícios suficientes para a quantidade de tempo que lhes tomavam. Algumas formas específicas de média digitais destacaram-se como particularmente problemáticas para os jovens, especialmente os média sociais, mas também os videojogos e a pornografia. Essa perceção parece ser fortemente influenciada pelos média, o que se evidencia no vocabulário e nas associações usadas pelos entrevistados. A pressão social é sentida como causadora de ansiedade quando estão conectados e quando estão desconectados por meio do fear of missing out (medo de perder o que se está a passar). No entanto, o grupo é fonte de apoio quando eles se envolvem numa desconexão progressiva em conjunto. A desconexão radical é rara, principalmente em tempos de pandemia, e pode aparecer como solução para um problema dramático na vida dos jovens, mas também pode ser revertida. Mais frequentemente, os participantes tentaram autorregular o seu uso do digital, quando reconheceram as vantagens desses serviços, bem como as suas desvantagens. Este não é um processo linear, mas sim marcado por tentativas e reversões, à medida que surgem sentimentos inesperados, como o tédio. Quando os jovens desenvolvem diferentes hábitos sociais e de lazer, experimentam resultados positivos de desconexão do digital.
Título traduzido da contribuiçãoDesconexão digital e jovens portugueses: motivações, estratégias e reflexos no bem-estar
Idioma originalEnglish
Número do artigoe023014
Número de páginas22
RevistaComunicação e Sociedade
Volume44
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 20 jul. 2023

Keywords

  • Digital
  • Desconexão
  • Jovens
  • Bem-estar
  • Média sociais

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Desconexão digital e jovens portugueses: motivações, estratégias e reflexos no bem-estar“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação