Directly observed therapy in the tuberculosis control strategy in Portugal

Título traduzido da contribuição: O tratamento diretamente observado na estratégia de controlo da tuberculose em Portugal

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Enquadramento: A tuberculose, como problema de saúde à escala global, requer um tratamento eficaz. A World Health Organization recomenda a toma da medicação de forma supervisionada e personalizada. Portugal aderiu a esta estratégia, não se tendo identificado estudos desta problemática. Objetivo: descrever as implicações do tratamento diretamente observado (TDO) no controlo da tuberculose, em Portugal. Metodologia: Estudo exploratório e descritivo, numa amostra de 303 pessoas com tuberculose pulmonar, em centros de diagnóstico pneumológico da região Norte de Portugal, entre março de 2019 e janeiro de 2020. Resultados: A TDO é a modalidade de tratamento em 88,1% da amostra. A maioria dos participantes (75,9% das mulheres e 66,3% dos homens) fazem o tratamento sob supervisão do enfermeiro, nas unidades de saúde. As suas expectativas individuais não parecem ser priorizadas. A tomada de decisão sobre a estratégia aplicada surge centrada nos profissionais de saúde e não aparenta privilegiar a participação da pessoa doente. Conclusão: A modalidade TDO, apresenta-se como fonte de insatisfação, potencia o agravamento dos recursos económicos da pessoa doente e do estigma social.
Título traduzido da contribuiçãoO tratamento diretamente observado na estratégia de controlo da tuberculose em Portugal
Idioma originalEnglish
Número do artigoe20129
Páginas (de-até)1-7
Número de páginas7
RevistaRevista de Enfermagem Referência
Volume5
Número de emissão7
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 2021

Keywords

  • Tuberculose
  • Tratamento
  • Cuidados de saúde primários
  • Enfermagem

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “O tratamento diretamente observado na estratégia de controlo da tuberculose em Portugal“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação