Economia circular: uma nova filosofia de gestão para o séc. XXI

Resultado de pesquisarevisão de pares

55 Transferências (Pure)

Resumo

O objetivo deste artigo é chamar a atenção uma nova forma de pensar o modelo de negócios: a Economia Circular, que constitui o paradigma do sistema do futuro, em contraste com o modelo linear vigente. Este começa a estar ameaçado devido à disponibilidade limitada de recursos naturais e limites do Planeta em termos de capacidade de assimilação da poluição gerada. A Economia Circular estimula novas práticas de gestão e descortina novas oportunidades criando valor às organizações em harmonia com o meio ambiente. Enquanto fonte de inovação ao nível de produtos, processos e modelo de negócio, e permitindo a redução da procura de recursos naturais com a recuperação de desperdícios e resíduos, este novo paradigma de sustentabilidade abre excelentes perspetivas a serem encaradas pelas empresas como alavanca e motivação para um crescimento com bases sólidas e com futuro, além das vantagens competitivas num mercado dinâmico e global. O método utilizado consiste na revisão bibliográfica. Apesar de o conceito estar presente na literatura é urgente passar à sua implementação prática, com impactos positivos em termos económicos, ambientais e sociais, tal que a ideia que crescimento económico é prejudicial para o ambiente passe a ser definitivamente uma ideia do passado
Título traduzido da contribuiçãoCircular economy: a new management philosophy for the XXIst century
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)149-171
Número de páginas23
RevistaPortuguese Journal of Finance, Management and Accounting
Volume1
Número de emissão2
Estado da publicaçãoPublicado - set 2016

Keywords

  • Sustentabilidade
  • Gestão
  • Economia circular
  • Ecologia industrial

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Economia circular: uma nova filosofia de gestão para o séc. XXI“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação