Educação integral, institucionalização do tempo livre: outras lógicas educacionais no contexto Luso-Brasileiro

Juliana Pedreschi Rodrigues, José Luís Gonçalves, Valéria Aroeira Garcia, Daniela Gonçalves

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

A finalidade principal do presente artigo é refletir sobre os debates que circundam a educação integral. Baseado em revisão bibliográfica de estudos específicos sobre essa temática, propõe um breve diálogo entre concepções de educação integral no Brasil e em Portugal, articulando-as com propostas no campo da educação não formal. São apresentadas observações sobre as peculiaridades da educação integral em ambos os países, atentos para outros jeitos de organizar o processo educacional, escapando de uma única lógica e do risco de institucionalização cada vez maior do tempo livre.
Título traduzido da contribuiçãoFull-time education and institutionalization of free time: Other educational logics in the Luso-Brazilian context
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)145-160
Número de páginas16
RevistaCadernos CEDES
Volume39
Número de emissão108
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2019
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Educação em tempo integral
  • Educação não formal e informal
  • Intervenção comunitária

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Educação integral, institucionalização do tempo livre: outras lógicas educacionais no contexto Luso-Brasileiro“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação