El estudio de la significancia y los indicadores de riesgo antrópicos para la preservación de colecciones de la memoria trágica en una exposición temporal

Título traduzido da contribuição: O estudo da significância e dos indicadores de risco antrópicos para a preservação de coleções de memória trágica numa exposição temporária

Ana Galán-Pérez*, Eduarda Vieira

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

22 Transferências (Pure)

Resumo

As coleções provenientes de acontecimentos históricos num contexto bélico, como os campos de concentração nazistas da Segunda Guerra Mundial, têm um valor cultural e social relevante como testemunho material dos factos. Alcançar um equilíbrio igual entre sua acessibilidade social e sua conservação é o principal desafio enfrentado por museus memoriais como o Museu Estatal de Auschwitz-Birkenau, ao qual se somam todos os riscos que uma transferência para uma exposição temporária implica, especialmente aqueles riscos de origem antrópica, seja fortuitos ou intencionais. A análise crítica destes indicadores irá ajudar-nos a reconhecer as possíveis emergências e consequentes danos nas coleções de memória em trânsito e a abordar a sua conservação na perspetiva da sustentabilidade.
Título traduzido da contribuiçãoO estudo da significância e dos indicadores de risco antrópicos para a preservação de coleções de memória trágica numa exposição temporária
Idioma originalSpanish
Páginas (de-até)329-338
Número de páginas10
RevistaGe-conservación
Volume19
Número de emissão1
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2021

Keywords

  • Coleções de memória trágica
  • Risco antrópico
  • Exposição temporária
  • Sustentabilidade
  • Museu Estatal de Auschwitz-Birkenau

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “O estudo da significância e dos indicadores de risco antrópicos para a preservação de coleções de memória trágica numa exposição temporária“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação