Entre o enigma e o inesperado: uma aproximação à linguagem do Cântico dos Cânticos

Resultado de pesquisarevisão de pares

8 Transferências (Pure)

Resumo

Este artigo situa-se no âmbito de um debate sobre a diversidade de linguagens da Bíblia. O campo literário escolhido é a linguagem inusitada e inesperada do Livro do Cântico dos Cânticos, onde a palavra humana de um homem a uma mulher e de uma mulher a um homem é assumida como uma chave de Revelação e de entendimento das Escrituras. Perante a pergunta de como é que um texto, onde se articula uma linguagem amorosa entre um homem e uma mulher, se presta à articulação de um diálogo entre Deus e o ser humano, a nossa preocupação não é encontrar uma resposta, mas tentar vislumbrar a possibilidade de inteligibilidade que esta pergunta implica. O nosso percurso será o de nos aproximarmos da linguagem do Cântico dos Cânticos reconhecendo-a como: uma porta que nos aclara o invisível; uma linguagem que espelha o que nós somos; uma linguagem que é eco do ‘amor’ que precede e redime todos os amores.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)85-94
Número de páginas10
RevistaDidaskalia
Volume45
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 jun. 2015

Keywords

  • Linguagem
  • Palavra
  • Revelação
  • Escrituras
  • Invisível
  • Eco

Citação