“Este é o meu nome para sempre”: revelação do nome Yahvé (Ex 3,13-15)

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

O Deus invocado com o nome próprio Yahvé é o mesmo Ser pessoal que os patriarcas invocaram como “Deus do pai”. Mas o nome em si só terá sido atribuído ao Deus de Israel na passagem dos hebreus pela experiência humana e religiosa do êxodo,liderados por Moisés. É à memória do êxodo que está inextricavelmente associado o nome do Deus da fé yahvista. E só séculos depois desse acontecimento histórico fundador é que a fé do povo bíblico deu uma explicação teológica do sagrado tetragrama, situando-a no contexto da teofania que desencadeou o êxodo e fazendo hermenêutica dele. Fê-lo por meio da assonância mais próxima, com uma forma verbal de hayah. Entendia assim o nome dado a Deus em termos de “Ser, Existir”, como «o verdadeiramente Existente» para o povo, tornando-o livre da escravidão para se religar a Ele por meio de uma aliança de amizade.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)51-66
Número de páginas16
RevistaDidaskalia
Volume38
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 1 jun 2008

Citação