Estratégias anti-microbianas na prevenção e tratamento da infecção oral

I. Pina-Vaz, J. Barros, R. Noites, A. Villa-Vigil, M. Pintado, M. F. Carvalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Transferências (Pure)

Resumo

Introdução: A cavidade oral constitui um ecossistema propício ao desenvolvimento de biofilmes pois a variedade assinalável de superfícies da cavidade oral acomoda bactérias com tropismos diferentes. Do ponto de vista ecológico, representa um “sistema de crescimento aberto” devido à ingestão e remoção ininterrupta de microrganismos e dos seus nutrientes. Objectivo: O objectivo deste trabalho é rever a literatura existente e determinar o estado da arte sob o ponto de vista microbiológico em relação aos materiais disponíveis no tratamento das patologias periodontais e pulpar/periapicais, nomeadamente: colutórios, soluções irrigadoras, medicação intracanalar, cones de guta-percha e cimentos de obturação. Conclusão: É inquestionável as divergências dos resultados experimentais quanto à actividade antimicrobiana dos diferentes materiais, todos eles apresentam componentes antimicrobianos mas sem efeito bacteriano residual permanente. Actualmente, não há nenhum material disponível no mercado que satisfaça todos os critérios considerados ideais e com actividade antimicrobiana eficaz.
Idioma originalPortuguese
RevistaRevista europea de odonto-estomatologia
Estado da publicaçãoPublicado - 30 mai 2011

Citação