Por uma eclesiologia ecológica

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Com a publicação da encíclica Laudato si', em 2015, o Papa Francisco nomeou, em tom elogioso, o nome de Teilhard de Chardin. Foi a primeira vez que tal aconteceu, ao nível de uma encíclica papal. É interessante perceber que a defesa da “conversão ecológica” se faz acompanhar pela reabilitação da perspectiva teilhardiana. Laudato si' convida-nos, então, a aprofundar a visão teilhardiana, sobretudo no que diz respeito à eclesiologia que dela emana. Quando se olha, com a visão teilhardiana, para a Igreja enquanto Corpo de Cristo, vislumbra-se uma comunidade composta, não só por homens e mulheres mas, de uma forma mais abrangente, por todas as criaturas (mesmo as não-humanas). Procuraremos aqui fundamentar teologicamente esta concepção eclesiológica, que qualificamos de ”˜ecológica', apresentando alguns princípios orientadores da sua práxis concreta, tanto ao nível da espiritualidade como da ética.
Título traduzido da contribuiçãoFor ecological ecclesiology
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)183-208
RevistaPensar
Volume9
Número de emissão1
Estado da publicaçãoPublished - 2018

Keywords

  • Teilhard de Chardin
  • Laudato sÍ
  • Papa Francisco
  • Eclesiologia
  • Ecologia

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Por uma eclesiologia ecológica“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação