Guerra e teologia da história em sermões de Vieira

José Nunes Carreira

Resultado de pesquisarevisão de pares

5 Transferências (Pure)

Resumo

Na invasão e ocupação holandesa do Brasil, o Padre António Vieira pregou vários sermões de grande fervor religioso e patriótico. Festejou vitórias (1638), advertiu contra euforias descabidas (1639), consolou os homens e lançou gritos de socorro a Deus após derrotas clamorosas (1640). Enquanto os soldados pugnavam de armas na mão, o pregador ajudava com o vigor do verbo. Nesta missão, conjugou realismo sadio com fé intrépida. Só da guerra virá a paz. Mas, porque Deus é o senhor da história, nele está a chave das vitórias. Filosofia da história é teologia da história.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)285-298
Número de páginas14
RevistaDidaskalia
Volume41
Número de emissão1
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 jan. 2011

Citação