Categorização CIF de instrumentos de medida e intervenções utilizados na fisioterapia em sujeitos com AVC

Patrícia Maria Duarte de Almeida, Carla Sandra Pereira, Hugo Filipe Coelho Miragaia dos Santos, Anabela Correia Martins, Emanuel Vital, Teresinha Noronha, Rui Jorge Dias Costa, Lia Jacobsohn, Alexandre Castro Caldas

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

De forma a melhor programar e obter resultados em investigação e planos de intervenção clínicos, no contexto da Fisioterapia, é necessária uma relação clara entre tipologias de intervenção, problemas a resolver, resultados esperados e instrumentos de avaliação aplicados. A Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF) e os Core Sets já desenvolvidos são uma estrutura que facilita esta relação e organização. A aplicação das regras de correspondência entre as categorias da CIF, as intervenções e os instrumentos de medida poderão ser a forma facilitadora para este processo. O objetivo deste estudo é propor a categorização dos instrumentos de medida e intervenções da Fisioterapia, no contexto da reabilitação de sujeitos com Acidente Vascular Cerebral (AVC). Quarenta e três intervenções e 65 instrumentos de medida foram categorizados em 43 categorias e códigos relacionados com o movimento, pertencentes ao Core Set para AVC, de acordo com as regras de correspondência. Foi feita uma proposta inicial de categorização e a sua validação foi feita por sete Fisioterapeutas peritos no uso da CIF e em neurologia, através do método de Delphi modificado. Os resultados demonstram que os instrumentos de medida foram categorizados num total de 243 categorias de 2.º nível da CIF: “funções” – 86; “estruturas” – 11; “atividade” – 125, e “participação” – 20. As intervenções foram categorizadas num total de 223 categorias de 2.º nível da CIF: “funções” – 97; “estruturas” – 18; “atividade” – 106, e “participação” – 2. Conclui-se que é consensual, para este painel de peritos, que são os construtos das “funções do corpo” e “atividades” que melhor expressam a caracterização dos instrumentos de medida e as intervenções realizadas no contexto da Fisioterapia a sujeitos que sofreram AVC. Esta categorização deve ser validada ao nível internacional.
Título traduzido da contribuição ICF categorization of outcome measures and interventions in physiotherapy with stroke patients
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)16-37
Número de páginas22
Revista Cadernos de Saúde
Volume8
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 1 jan 2016

Keywords

  • Fisioterapia
  • Instrumentos de medida
  • CIF
  • AVC

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Categorização CIF de instrumentos de medida e intervenções utilizados na fisioterapia em sujeitos com AVC“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação