Identidade cristã e cidade dos homens: notas para um ’diálogo’

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Com certa frequência se ouve falar na dificuldade em compaginar a vivência da experiência cristã e a dimensão da contemporaneidade. Por vezes – demasiadas vezes – parece ficar a ideia de que uma realidade se opõe à outra. Será possível, de facto, apostar na construção da identidade cristã e simultaneamente assumir a condição de cidadão? Para o autor, não só é possível, como é indispensável e necessário. A opção cristã implica obrigatoriamente a dimensão da encarnação, o que compromete com a edificação da cidade humana em cada momento do percurso histórico da humanidade. Não é possível assumir o compromisso cristão sem simultaneamente assumir o compromisso e a corresponsabilidade da construção da história humana.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)309-326
Número de páginas18
RevistaDidaskalia
Volume37
Número de emissão1
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 1 jan 2007

Citação